A Portela venceu hoje o carnaval das escolas de samba do Rio de Janeiro de 2017, depois de 33 anos sem conquistar um título.

Fundada em 1923, a Portela é a maior campeã do Carnaval carioca, somando agora 22 títulos, mas não vencia o concurso dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro desde 1984.

Famosa por reunir membros históricos como o cantor brasileiro Paulinho da Viola, a escola de samba desfilou o enredo "Foi um Rio que passou em minha vida e meu coração se deixou levar", celebrando os rios mais importantes do mundo, a religiosidade inspirada nas águas e o papel dos rios para o desenvolvimento das civilizações.

Durante o desfile, a Portela também fez referência ao desabamento de uma barragem da empresa mineradora Samarco, que destruiu um bairro inteiro da cidade de Mariana em 2015, no Estado brasileiro de Minas Gerais, matando 19 pessoas.

Emocionado, o presidente da escola de samba, Luis Carlos Magalhães, disse, logo após a divulgação do resultado, que "a vitória não é só da Portela, é de todas as escolas que precisam de levantar a bandeira do samba".

"Todos têm que ficar muito felizes com o que aconteceu hoje. Acabou a história de jejum. A Portela agora vai ter paz para ser a grande escola para a história, ao lado das suas coirmãs [outras escolas de samba]", completou o presidente da Portela.

Este ano, o Carnaval das escolas de samba do Rio de Janeiro foi marcado por dois grandes acidentes, um com a escola de samba Paraíso do Tuiuti e outro com a Unidos da Tijuca, que provocaram mais de 30 feridos.

Devido a estes acidentes, a Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro decidiu que nenhuma escola será rebaixada e o Carnaval de 2018 terá 13 desfiles.

 

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.