Com várias dezenas de foliões, os professores deram um verdadeiro show nas ruas do Mindelo que, embora pecando por um atraso de cerca de uma hora na saída, este fator não tirou o brilho do desfile.

Nas alas de índios, chinesas, japonesas e outros elementos da cultura oriental, a classe docente, amigos e simpatizantes, mostraram como se pode fazer um Carnaval de qualidade, com muito brilho e cor somente baseado em materiais reciclados.

Assim, um desfile que foi muito aplaudido pelos que tiveram expectantes à espera da próxima “inovação” dos professores e que ainda poderiam se identificar ou consciencializar com a letra da música que apelava para a necessidade de “reduzir, reciclar e reutilizar”.

Contudo, antes, também a tarde deste sábado ficou marcado com o desfile do grupo da Delegacia de Saúde de São Vicente, que aproveitou o Carnaval para alertar para a problemática do alcoolismo.

Assim perto das 16:00 médicos, enfermeiros e funcionários da delegacia, dos centros de saúde, do Hospital Baptista de Sousa e até das clínicas privadas da ilha, serviram da “grande massa” de gente que esteve a ver para passar a mensagem sobre os sintomas e as complicações que derivam do uso excessivo de bebidas alcoólicas.

Com frases como “álcool vicia não seja a próxima vítima” “K abo bibê ou bibê com moderação” (Não beba ou beba com moderação, em português) e o “beber traz complicações”, estes profissionais deixaram o repto através de cartazes e música, com a distribuição de panfletos e até com um carro alegórico, que representava doenças e até morte, por causa do alcoolismo”.

Pelas ruas do Mindelo, nesta tarde, passou ainda o grupo de animação “Cocera” ainda o grupo da mascote “Kretcheu” dos Jogos Africanos de Praia, que desfilou para divulgar o evento, realizado na ilha do Sal em junho, e muitos carros, que estranhamente, neste ano, as autoridades de trânsito têm deixado circular, mesmo enquanto desfilam os grupos.

A folia do Carnaval mindelense continua nesta noite com o Vindos do Oriente, que mesmo não estando a desfilar, agora em 2019, como grupo oficial, promete um “assalto organizado” com alas, Comissão de Frente e trio electrico “sem competição, mas com competência”, tendo como pano de fundo a Índia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.