Fogo em Chama, o primeiro a desfilar, sob o tema “mundo de imaginário”, levou para a avenida 255 figurantes, distribuídos em quatro alas e três carros alegóricos e sobretudo muito colorido, com combinação de várias tonalidades de cores.

Apesar da dificuldade dos milhares de pessoas de vários pontos da ilha que assistiram ao desfile em identificar o tema e fazer a sua interligação com os carros alegóricos, Fogo em Chama acabou por merecer a confiança do corpo de júri que atribui ao grupo um total de 2228 pontos, ficando o grupo Mar Azul, cujo tema girava à volta da cultura chinesa e por isso mais fácil de identificar, em segunda posição, com 2181 pontos.

O júri equilibrou a distribuição dos prémios individuais, atribuindo três prémios a cada um dos grupos, tendo o grupo Fogo em Chama conquistado o prémio de Rei, Rainha do Carnaval e rainha da bateria e ao Mar Azul os prémios de melhor música, porta-bandeira e melhor carro alegórico.

O resultado do concurso foi conhecido e divulgado no início da noite de hoje, no largo de Cruz dos Passos, onde os apoiantes e figurantes dos grupos concentraram-se para receber os resultados que, à semelhança dos anos anteriores, agradaram uns e desagradaram outros.