É certo que o público mindelense tem-se habituado, ao longo dos anos, a um Carnaval de peso mas a expectativa quanto ao trabalho dos quatro grupos oficiais é sempre grande.

Esta terça-feira, 13, as ruas da cidade voltaram a encher-se para apreciar os desfiles. Ditou o sorteio que Monte Sossego fosse o primeiro grupo a entrar no sambódromo de Mindelo.

Este ano, por decisão da Liga do Carnaval de São Vicente em concertação com a Câmara Municipal de São Vicente (CMSV), os desfiles oficiais estavam marcados para as 15h30, mais tarde do que o habitual. À hora marcada, “Monstú” já se fazia ouvir à entrada da Rua de Lisboa.

Cerca de uma hora, foi o tempo que o grupo demorou até desfilar pela Rua de Lisboa todas as alas que juntas espelhavam o tema do enredo “Grandes Civilizações”. Centenas de elementos, dois grupos das famosas baianas, três carros alegóricos, as musas e as figuras de destaque fizeram o desfile. O grupo quer este ano recuperar o primeiro lugar.

Depois de um compasso de espera, chegou à rua de Lisboa o Cruzeiros do Norte quando faltavam 10 minutos para as 17 horas. O arranque teve alguns percalços principalmente quanto ao som. Boa parte da Rua de Lisboa foi feita sem música o que provocou murmurinhos entre o público que assistia e algum desânimo dos foliões.

O grupo de Cruz de João D’Évora apresentou o enredo "Vencer as misérias humanas é sobreviver" ao som de "Tud Manêra ê bá Devagar". No coletivo de vozes, Cruzeiros do Norte contou com a participação especial da cantora Nancy Vieira que foi distribuindo sorrisos ao longo do percurso. Também o Rei, o jovem cantor Hilário Silva, captou as atenções do público.

Seguiu-se, sem atrasos, o grupo Vindos do Oriente que, a julgar pela reação do público presente, foi um dos mais aplaudidos, apreciados e elogiados. Apesar de também terei tido alguns contratempos com o som, cativaram o público com a sua energia. Trouxeram para dentro do sambódromo o continente Africano com o enredo "África, a Mãe da Humanidade".

O objetivo do grupo é revalidar o título de campeões que trazem do ano passado. Vindos do Oriente convidou alguns rostos conhecidos como Nereida Lobo, Miss Africa USA 2016-17, Jennifer Solidade na música e Kiddye Bonz como rei.

A opção de começar a tarde de desfiles mais tarde, fez com que o último grupo, Flores do Mindelo, desfilasse ao cair da noite quando já passavam das 19 horas. Fizeram uma viagem no tempo através das "Brincadeira De Outrora" como “trouxe as cartas” ou “Aizum”.

Na sua página oficial do Facebook, a CMSV fez um comunicado onde explica que, este ano, “do trabalho conjunto entre a recém-criada Liga dos Grupos Oficiais do Carnaval de São Vicente (LIGOC-SV) e a CMSV emergiu um regulamento de avaliação do concurso dos desfiles”.

Segundo a mesma publicação, São os seguintes os itens a serem avaliados para a classificação dos grupos: Bateria, Música, Harmonia, Evolução, Enredo, Carros alegóricos e adereços, Fantasias, Comissão de frente, Mestre-sala e Porta-bandeira.

O Rei, a Rainha e a Rainha de bateria não entram assim nesta classificação dos grupos. “Significa que a classificação geral dos grupos não interfere com as classificações dos itens individuais e vice-versa”, complementa.

A entrega dos prémios tem lugar hoje, 14, às 15h30 na Rua de Lisboa.