O ato simbólico de entrega do valor, que este conheceu um aumento superior a 40 por cento em relação ao Subsídio  do ano transacto, passando de 70 mil para os 100 mil escudos, contou com a presença do presidente da Câmara, Carlos Fernandinho Teixeira, e do vereador da Cultura, Fábio Vieira.

Os representantes dos grupos carnavalescos oficiais do município dos Mosteiros, nomeadamente Surpresa de Queimada Guincho, Strela Negra de Queimada Trás e Unidos de Fonsaco, mostraram-se satisfeito com o aumento do subsidio monetário da autarquia e comprometeram-se em trabalhar para dignificar o Carnaval nos Mosteiros.

A autarquia dos Mosteiros aproveitou o momento para anunciar a atribuição este ano de prémios para o melhor andor e a melhor musica do Carnaval, que constitui uma das novidades em relação ao ano passado, em que estas duas categorias não foram premiadas.

Para o pré-escolar e as escolas básicas, a Câmara reservou o montante de 120 mil escudos para apoio à festa do Carnaval escolar e pré-escolar naquele município.

Em relação ao município de São Filipe, a grande novidade da festa do Carnaval poderá ser o regresso do grupo Faxa da Terra, ausente no ano passado.

Cumprindo as tradições no passado dia 26, último domingo de Janeiro, os grupos Faxa da Terra, Fogo em Chama e Mar Azul animaram as ruas da cidade de São Filipe no final da tarde/inicio da noite e estes grupos já iniciaram os preparativos há alguns dias.

No ano passado, em São Filipe, apenas os grupos Fogo em Chama, do bairro III Congresso, e Mar Azul, de Beltchés, participam no desfile oficial do Carnaval, ficando de fora grupos tradicionais como Faxa da Terra, do bairro III Congresso, e Fantasia, do bairro de Cobom, tendo por isso a câmara aumentado o valor de apoio concedido aos grupos de 100 mil escudos para 160 mil escudos,

Em relação a este ano, ainda não foi possível obter informações sobre o valor de subsidio a ser atribuídos aos três grupos e nem se o valor dos prémios será aumentado.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.