A poucas semanas do Carnaval, o SAPO esteve à conversa com o presidente do grupo carnavalesco mais antigo de São Nicolau, Copa Cabana, para saber como andam os preparativos para a festa do Rei Momo em Ribeira Brava.

Emanuel “Manu” Cabral revela que os preparativos estão a correr na normalidade. “O grupo está organizado e as condições de trabalho estão a funcionar. Tudo indica que, mais uma vez, estamos preparados para apresentar um produto de qualidade aos nossos espectadores”.

O enredo, como manda a tradição do grupo, só vai ser revelado no primeiro dia do desfile que acontece a 22 de fevereiro.

Copa Cabana vai levar dois carros alegóricos, um carro de som acompanhado por uma banda, seis alas e cerca de duzentos figurantes para a Avenida. “Temos duas músicas que são da autoria de Nelson Rock e Pitxe”.

No que diz respeito às figuras de destaque, Manu Cabral diz que a rainha é Patrícia Silva que vem dos Estados Unidos e o rei é Malike Cabral que reside na ilha de Chiquinho.

Os ensaios com a banda e batucada já arrancaram e com o público começam neste fim de semana.

No que tange aos patrocínios, o presidente do Copa Cabana diz que já receberem a 150 mil escudos referentes à primeira tranche da verba dos 450 mil escudos disponibilizados pela Câmara Municipal.

O grupo também vai receber patrocínio do ministério da Cultura no valor de 800 mil contos, mas o mesmo ainda não foi disponibilizado.

Todos os anos, o Carnaval dos grupos oficiais de São Nicolau é marcado pelos atrasos, o que tem gerado alguma crítica por parte dos espectadores. Questionado sobre esse facto, Manu Cabral diz que os grupos têm tentado melhorar os horários dos desfiles.

“Desfilamos durante três dias e realmente no primeiro dia, devido a alguns constrangimentos, acabamos por sair tarde. Prometemos melhorar o horário do desfile de sábado”, diz e afirma que vai ser uma festa de muita cor e alegria. “Animação típica de São Nicolau”.

É de se lembrar que não há concurso entre os grupos oficiais.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.