O Copa Cabana comemora este ano 75 anos de existência. O presidente do grupo, Emanuel Cabral, revelou ao SAPO que o grupo vai realizar um desfile inovador e com algumas surpresas para assinalar o aniversário.

“Vamos elaborar um programa com várias atividades que serão realizadas durante o mês de fevereiro”, salienta.

No âmbito das comemorações dos 75 anos, o ministério da Cultura vai disponibilizar ao grupo 900 mil escudos, enquanto que os restantes dois grupos oficiais de Ribeira Brava - Estrela Azul e Brilho de Zona - vão receber 650 mil escudos cada (supostamente por não terem entregue toda a informação solicitada).

A divisão da verba disponibilizada pelo MCIC tem gerado algum descontentamento nos grupos.

Segundo o líder do Estrela Azul, Alíbio Brito, nunca existiu diferença em termos dos patrocínios, no carnaval na ilha. “Em São Nicolau não se faz um concurso oficial, por isso acho que a verba tem de ser dividida de igual por igual”.

Já representante do grupo Brilho de Zona, Eduíno Gonçalves, afirmou ao SAPO que todos os anos os grupos comemoram o aniversário e nunca receberam esse “bónus”. “Gostava de receber outra justificativa do ministro da Cultura”.

Em forma de resposta a esta polémica, o presidente do Copa Cabana, Emanuel Cabral, defende: “Todos os grupos concorreram a um edital de 800 mil escudos. O Copa Cabana entregou todo o processo exigido e conseguimos o valor de 800 mil escudos. E o MCIC achou que devia premiar o grupo com mais 100 mil escudos dado ao aniversário dos 75 anos. Mas em relação ao resto concorremos de igual por igual” explica.

A mesma fonte revelou ao SAPO que ainda não receberam a verba disponibilizada pelo MCIC, mas adianta que já receberam a primeira tranche do patrocínio da Câmara Municipal da Ribeira Brava.

“Todos os anos temos apoio da Câmara Municipal e já recebemos a primeira tranche de 150 mil escudos. No total, vamos receber 450 mil escudos. Já a verba do MCIC será disponibilizada na totalidade, mas ainda não há uma data”.

O grupo mais antigo de São Nicolau vai levar dois carros alegóricos, nove alas e cerca de quatrocentos figurantes para as ruas de Ribeira Brava.

Enredo no segredo dos deuses

Questionado sobre o enredo do Copa Cabana, Emanuel Cabral diz que como manda tradição o enredo é segredo e será revelado no dia do desfile, mas adianta que a história do grupo vai estar retratada.

No que tange às figuras de destaque, o líder do grupo revelou que o rei é Emídio Benrós e a rainha é Cynthia Braz. “O rei e a rainha do grupo vivem nos EUA e devem chegar em São Nicolau no dia 3 de fevereiro”.

Os ensaios do grupo arrancam no próximo dia 27 deste mês.