"Fogo em Chama" que levou para avenida este ano o tema “desastres naturais ou apocalipse” apresentou mais de três centenas de figurantes, três carros alegóricos além do seu habitual vulcão que constitui de resto o seu símbolo maior durante mais de quatro décadas.

Num total de 10 alas com muita cor o grupo cativou muita gente e convenceu o corpo de júri que assim atribui o primeiro lugar com uma pontuação de 2021 pontos, relegando o detentor do titulo, Mar Azul para o segundo posto com 1771 pontos e na terceira posição ficou o grupo Faxa da Terra com 1767 pontos.

Faxa da Terra, regressou este ano ao carnaval de São Filipe depois de uma ausência de dois, com o tema “mundo sem cor” para chamar atenção para a questão do racismo e da discriminação das pessoas.

Com cerca de duas centenas de figurantes (185) e com dois carros alegóricos, sendo o primeiro representando duas mãos a assegura o globo terrestre multicolor e outro uma cara de uma pessoa igualmente com duas corres, demonstrando a mistura das pessoas de cores branca e negra e o surgimento do mestiço.

No seu regresso o grupo trouxe muita cor à avenida, pese embora o numero de figurantes ser inferior aos de demais grupos.

O grupo Mar Azul retratou o tema “caminho de morna” em homenagem a elevação da morna a património imaterial da humanidade e através dos trajes e dos seus carros alegóricos demonstravam além de artistas de renome como Cesária Évora e Bana, um conjunto de instrumentos musicais com os quais se toca e se faz a morna, mas mesmo assim não conseguiu convencer o júri.

Assim em termos colectivos o grupo Fogo em Chama arrebatou o primeiro lugar com 2021 pontos, seguido de Mar Azul com 1771 pontos e Faxa da Terra com 1767 pontos.

O grupo Fogo em Chama levou ainda os prémios individuais nomeadamente de rainha (Iasmin), ei (André), porta-bandeira (Neusa Medina), rainha de bateria e carro alegórico, enquanto a musica de carnaval 2020 foi do grupo Mar Azul da autoria do professor e activista cultural, Fausto do Rosário.

Se em relação ao premio de colectividade a decisão de júri vai de encontro com opinião de várias dezenas de pessoas que assistiram o desfile, já os prémios individuais há muita divergência entre a decisão do colectivo de júri e das pessoas que assistiram o carnaval.

O responsável do grupo Fogo em Chama, visivelmente satisfeito disse que este ano o grupo saiu para conquistar os prémios e por isso são dignos vencedores.

Depois da decisão os demais responsáveis dos grupos manifestaram a sua discordância com a classificação e decisão do corpo de jurado.

Ao primeiro classificado será atribuído o valor monetário de 160 mil escudos, ao segundo 130 mil escudos e ao terceiro classificado 110 mil escudos, enquanto aos grupos de animação o valor de prémio é de 10 mil escudos.

Ao rei e à rainha do carnaval serão atribuídos prémios individuais de 25 mil escudos cada, a porta-bandeira o valor de 20 mil escudos, enquanto ao melhor carro alegórico receberá 20 mil escudos e a musica de carnaval 2020 o montante de 15 mil escudos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.