Este ano, não vai haver concurso entre os grupos carnavalescos no Sal, uma decisão tomada por unanimidade pelos respectivos líderes, já que o valor dos prémios atribuídos pela autarquia, conforme dizem, "não compensam o esforço" para apresentar um Carnaval de “elevado nível e qualidade”.

Para os diferentes dinamizadores da festa do Entrudo, “mais vale brincar o Carnaval sem concurso” e saber que o trabalho foi valorizado pelo público, do que ter a responsabilidade de entrar numa competição para depois não ver o esforço de toda a lida recompensado.

Mesmo sem competição, a previsão da Câmara Municipal, que à semelhança dos anos anteriores, atribui a cada grupo o valor de 300 mil escudos, é ter o desfile dos blocos para animar a festa que deve acontecer na Avenida do Morro Curral, nos Espargos.

Segundo o vereador da Cultura da Câmara Municipal do Sal, Ildo Rocha, a suspensão do concurso carnavalesco se deve à falta de recursos financeiros para investir na atribuição dos prémios, bem como na organização atempada da manifestação cultural.

"Somos uma ilha turística e precisamos ter um Carnaval mais digno, só possível com a junção de esforços das instituições locais, da câmara, das empresas e do próprio Ministério da Cultura. Infelizmente, Carnaval no Sal tem sido suportado, em termos financeiros, pela Câmara", disse.

Neste particular, o responsável camarário diz “admirar” o facto de o Ministério da Cultura apoiar cada grupo organizado, no Sal, com 25 mil escudos, enquanto outras ilhas, disse, com “menos expressão” a nível do carnaval, nesse caso concreto, beneficiar de comparticipação do Ministério da Cultura com "montantes consideráveis".

"O montante que o Ministério da Cultura atribui aos grupos carnavalescos, organizados, no Sal mal chega para pagar o trabalho do ferreiro", sentenciou Ildo Rocha.
Perante a situação, prometeu envidar esforços no sentido de, no próximo ano , elevar a fasquia do carnaval a todos os níveis.

"Subscrevemos as reclamações dos grupos carnavalescos. Por isso, concordamos plenamente em suspender os prémios para melhor SE reflectir sobre a matéria.

Acreditamos que é possível fazer melhor carnaval na ilha do Sal, com concurso para atribuição de prémios a melhor grupo, rei, rainha etc.", manifestou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.