A poucos dias para o Carnaval da cidade da Praia, o vereador da Cultura da Câmara Municipal da Praia, António "Tober" Silva  garante que está tudo a postos para os desfiles na Avenida Cidade Lisboa.

“Relativamente ao carnaval está tudo a postos. Estamos a terminar os últimos preparativos. Já tivemos um encontro com os nossos parceiros mais importantes que são: a Cruz Vermelha, a Polícia e os Bombeiros, para criar todas as condições ao nível da segurança no carnaval. Ontem, alguns grupos ensaiaram à noite com o apoio policial”, diz António Silva.

A mesma fonte afirma que desde o ano passado a CMP começou a investir no carnaval, principalmente na criação de condições para que a Praia tivesse um carnaval de qualidade.

“Desde o ano passado começamos a organizar o carnaval. Trouxemos o cantor e sambista brasileiro Dudu Nobre com a sua equipa para dar formação aos grupos carnavalescos da cidade da Praia. Depois dessa formação todos os grupos viram a necessidade de se associarem e organizarem-se para dar resposta ao carnaval e foi criada a Liga do Carnaval da Praia”.

De acordo com António Silva, a CMP cumpriu na íntegra todo o seu trabalho em termos de criação de condições para os grupos desfilarem na Avenida Cidade Lisboa.

“Restauramos a Avenida Cidade Lisboa, retiramos os separadores para permitir os grupos sambarem mais à vontade, compramos bancadas para cerca de 1000 pessoas, criamos condições de iluminação em que os 500 metros da Avenida Cidade Lisboa estão completamente iluminados e trouxemos outra novidade – foi implementado um sistema de som para acabar com os constrangimentos de todos os anos. Assumimos toda essa responsabilidade, e ainda os prémios”, salienta.

A mesma fonte garante que ainda que a CMP apoiou os seis grupos oficiais com 600 mil escudos cada, bem como na construção dos estaleiros. Os grupos da segunda divisão receberam 250 mil escudos cada, grupos de EBI 150 mil e pré-escolar 100 mil escudos. “Hoje à tarde oferecemos à Liga do Carnaval da Praia um conjunto de materiais de carnaval para distribuir aos grupos”.

As bancadas custaram à CMP cerca de 3 mil contos, a requalificação da avenida foi de cerca de 2 mil contos e os prémios do carnaval estão orçados em 2 mil contos. “Pensamos que é um investimento bom, porque a Praia é uma cidade que está voltada para o turismo de serviço e quando realizamos uma atividade com mais qualidade com certeza atraí mais pessoas”, afirma o vereador da Cultura.

No que diz respeito ao preço das bancadas, os bilhetes custam 300 escudos e os mesmos já estão à venda no Cinema da Praia e no Estádio da Várzea.

“Metade do dinheiro arrecadado com a venda dos bilhetes vai para a Liga do Carnaval da Praia e a outra metade para a CMP. Ao longo dos anos, queremos aumentar o número de bancadas. Este ano compramos e talvez para o próximo podemos alugar. Na Praia, temos uma vantagem, temos uma avenida espetacular, que se colocarmos bancadas em toda a avenida vamos atrair milhares de pessoas ”, salienta.

“Desde 2008, o carnaval da Praia está a evoluir positivamente e este ano acho que estamos a dar um salto maior”, afirma.

Arranque do Carnaval da Praia

De acordo com António Silva, à semelhança dos anos anteriores, os desfiles acontecem em tês dias na cidade da Praia.

Neste sábado, 10, acontecem os desfiles dos jardins infantis: Jardim Cathy, Jardim Girassol, Jardim Suzy e Jardins da CMP. “O desfile do pré-escolar tem sido o mais bonito da cidade da Praia. As crianças merecem de facto ter um carnaval desta qualidade”, afirma António Silva.

No domingo, 11, segue o desfile do agrupamento III do EBI e agrupamento Centro Educativo Coração de Jesus, bem como dos grupos da segunda divisão que são Maravilhas do Infinito e Jovens de Vila Nova, dois grupos que surgiram no ano passado.

“A Liga do Carnaval da Praia achou que devia existir uma divisão entre os grupos com mais experiência e os com menos”, explica a mesma fonte.

Na terça-feira, 13, acontece o desfile dos seis grupos oficiais. Os desfiles arrancam por volta das 16h00 com o grupo Samba Jo, seguido de Estrela da Marinha, Vindos do Mar, Vindos D’África, Inter Vila e Bloco Abel Djassi. “Este ano, os desfiles vão começar mais tarde porque criamos melhores condições de iluminação”, salienta.

António Silva revela que o vencedor do Carnaval da Praia será conhecido no mesmo dia dos desfiles oficiais e que a comissão de júri, composta por 27 elementos, foi escolhida pela CMP, juntamente com a Liga do Carnaval da Praia e dos grupos.

“Só há concurso nos grupos da primeira e segunda divisão. Inclusivamente, o primeiro lugar da segunda divisão sobe para a primeira divisão e o último lugar da primeira divisão desce para a segunda divisão. O vencedor do Carnaval da Praia irá receber um prémio de 450 mil escudos”, salienta.

A mesma fonte chama a atenção dos pais para terem cuidado com os filhos durante os desfiles.

“Este ano, queremos chamar a atenção dos pais para tomarem cuidado com os seus filhos devido aos últimos acontecimentos. A polícia vai estar atenta e vamos criar um grupo de voluntários para acompanhar as crianças. Todos nós temos que ter essa precaução porque a cidade da Praia de hoje não é a de 20 anos atrás”, diz.