O grupo, que no ano anterior decidiu não participar no desfile de Carnaval devido a dificuldades financeiras, este ano, segundo o seu presidente, António Dias, vai voltar à avenida para mostrar aos foliões a “preservação das espécies marinhas e a beleza no fundo do mar”.

Afirmou que ainda não receberam a verba que a Câmara Municipal da Praia vai disponibilizar este ano aos grupos, o que tem “atrasado e muito” os trabalhos.

Com 300 figurantes, Estrela da Marinha pretende levar para o desfile carnavalesco, várias alas, nomeadamente, estrela da marinha, belezas do fundo do mar, história que representa o mar – sereia e a história do Rei Neptuno (Deus do mar).

“Os ensaios já começaram, porém, não temos música ainda, mas para não perdermos mais tempo estamos a ensaiar na mesma”, contou António Dias.

Informou ainda que o grupo em princípio pretende levar para o desfile dois carros alegóricos, caso a verba destinada seja suficiente.

António Dias realçou ainda que espera “encantar” os foliões como nos anos anteriores com uma “boa folia e com muito brilho”.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.