Em conversa com algumas monitoras do jardim infantil, estas salientaram à Inforpress que todos os jardins da ilha vão reunir-se na Vila de Nova Sintra, apresentando o mesmo tema, como uma forma de “manter” dentro do mundo encantado.

Na freguesia de Nossa Senhora do Monte, além de diversas zonas que a compõe e com um bom número de pessoas, não existe nenhum grupo oficial do Carnaval.

Daí, são às crianças do Ensino Básico que vão animar estas ruas, ambas as escolas do Complexo com o mesmo tema “O Mundo das Letras”, com vista sensibilizar a população local e a comunidade educativa sobre a importância da leitura e do incentivo da prática da leitura.

Já na Escola Manuel Rodrigues Gomes, o maior do Complexo Educativo de Nova Sintra, os alunos vão sair às ruas no mesmo dia, apelando e sensibilizando a população e a eles mesmos sobre as “Boas Práticas e Cidadania”.

A directora da escola, Josefina Vaz, explicou que estão a construir um andor, e cada aluno vai ter uma das “palavras mágicas” como o “Bom dia”, “Boa tarde”, “Obrigado”, entre outras tantas que estão sendo cada vez menos utilizadas não somente entre as crianças, como também entre os adultos.

Questionadas sobre as dificuldades, as  responsáveis de ambas as escolas reclamaram da falta de apoios e dos materiais que não se encontram na ilha, mas realçaram que para ver o “brilho e a folia” das crianças “deram um jeito”.

Mas, além destas crianças, os “tradicionais mascarados”, mesmo que em um número reduzido, começaram à sair às ruas da ilha há já alguns domingos atrás.

Para dar continuidade às actividades do Carnaval na ilha, haverá alguns bailes, trio eléctrico e três grupos oficiais: Baianas, Mocidade e Grupo Carnavalesco da Furna.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.