O vereador da Cultura, Jorge Tomar, anunciou este valor em declarações à Inforpress, tendo realçado que até o momento já se inscreveram dois grupos para o desfile oficial, o “Maravilhas de Boa Vista”, e “Vindos do Espaço”.

Entretanto, revelou o autarca, os grupos de animação, jardins de infância e escolas têm vindo aos poucos a entregar os seus projectos carnavalescos com pedido de apoio.

“Disponibilizamos cerca de dois mil contos para o Carnaval deste ano a ser distribuído para apoios aos grupos oficiais e de animação, e a mesma verba engloba também a premiação”, disse o vereador realçando que em breve irão disponibilizar a primeira tranche do valor estipulado, sem revelar, entretanto, o montante.

Questionado sobre como se processa a distribuição da verba em apreço, atendendo que ainda está aberta as inscrições, o vereador explicou que uma vez encerrada as listas, vão analisar a forma como dividir o montante entre os grupos de animação e do desfile oficial.

“Estamos abertos, a câmara está disponível para receber mais inscrições este mês”, avançou e Jorge Tomar, sublinhando que atendendo ao facto de não existirem por enquanto mais inscritos de caracter oficial, torna-se difícil estabelecer e distribuir “o bolo da premiação”.

Entretanto, explicou que caso não houver mais concorrentes vão ter de equacionar outras formas de incentivar a participação nos desfiles carnavalescos.

Por outro lado, o autarca anunciou como novidade para o Carnaval deste ano, nomeadamente o desfile do grupo de animação, Flor Azul, na zona Norte da ilha, em Fundo de Figueiras.

Conforme explicou, o grupo terá, no entanto, de agendar o dia de desfile, atendendo que o cortejo do mesmo será na localidade de origem.

Recordou ainda que os habituais grupos de animação, nomeadamente escolas, jardins, Delegacia de Saúde e lar de idosos, farão a sua aparição nas vésperas do Carnaval com o mesmo trajecto dos grupos oficiais.

Isto é, saem da zona da Shell, sobem o largo de Santa Isabel, contornam a praça no centro da cidade e regressam ao mesmo local de partida.

Enquanto isso, o grupo de animação “os Mandingas”, uma iniciativa de sanvincentinos residentes na ilha e boa-vistenses deverá dar o pontapé de saída da festa do Rei Momo nos próximos domingos, realizando desfiles pelas ruas da cidade de Sal-Rei.

Conforme apurou a Inforpress, o grupo terá também um apoio monetário por parte da edilidade que fornecerá ainda colocará ainda à disposição instrumentos musicais da câmara.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.