Esta é a 6ª vez que o grupo Batucassamba vai sair em desfile noturno pelas ruas da capital. Este ano o enredo do grupo é "A Era do Casino".

Segundo a representante do grupo, Sara Borges, trata-se de uma viagem ao mundo imaginário da vida luxuosa dos casinos.

A novidade deste ano é o que o grupo vai sair com um carro alegórico da autoria de Domingos Luísa, no qual vão estar sete figuras de destaque. "Gostaríamos de fazer algo de maior dimensão, mas este ano ainda não foi possível", salienta a mesma fonte e esclarece que os meios financeiros são escassos.

O grupo vai estar dividido em nove alas: a Comissão de Frente, com 15 dançarinas da Escolinha da Nicole, que representa os dados; seguem-se Porta-bandeira e Mestre Sala; segue-se a segunda ala "Realeza do Baralho", depois o Carro Alegórico, uma representação do Casino; depois a 3ª ala, as Baianas; a 4ª ala, as Meninas da Sorte e do Azar; a 5ª ala - Os Magnatas; a 6ª ala  das “Boas Vindas aos Chineses - Huãnyíng"; a 7ª ala como as Show Girls – Ala das passistas; depois a 8ª ala dos Jokers; e por fim a Rainha de bateria e os músicos.

Além de um contributo da Câmara da Praia, de 100 contos, o grupo conta com os fundos que conseguiu angariar ao longo do ano passado.

A música do grupo é da autoria de Jorge Tavares e intitula-se “A  Era do Casino”.

Os ensaios do Batucasamba já começaram e têm lugar no Palmarejo (liceu), todos os dias das 18h30 às 20h30.

"Este ano esperamos mais glamour, temos uma procura enorme", diz a representante do grupo, o que levou o Batucassamba a aumentar as alas de 30 para 50 figurantes. Apesar de já terem algumas alas fechadas, Sara Borges salienta que o grupo está aberto a receber mais figurantes.

O desfile do grupo que acontece a 10 de fevereiro, arranca na escola da Capelinha, na Fazenda, e vai até a rotunda do Homem de Pedra, na Chã d'Areia.

Depois do desfile acontece a habitual festa ou Baile de Carnaval em local a indicar.