Madonna a trabalhar num argumento com Diablo Cody?

Durante o fim de semana, a "rainha do pop" partilhou um vídeo nas redes sociais em que a vencedora do Óscar pelo filme "Juno" (2007) escreve apontamentos no portátil enquanto ela come nozes e descreve o fato com sutiã de cone criado por Jean Paul Gaultier para a digressão Blond Ambition em 1990.

Revelado durante a interpretação de "Express Yourself", o look tornou-se icónico.

O vídeo mostra ainda vários cadernos espalhados numa mesa e Madonna escreveu "O que se faz quando fechada em casa com várias lesões? Escreve-se um argumento com Diablo Cody sobre...", acompanhado de vários emojis relacionados com música.

Rapidamente, surgiram reações a especular que a cantora está a preparar um filme sobre a sua vida, assumindo o controlo sobre a sua história, como fizeram os Queen com "Bohemian Rhapsody" (2018) e Elton John com "Rocketman" (2019).

Como parceira num eventual projeto, Diablo Cody tem mais do que o Óscar: escreveu "Ricki e os Flash" (2015), sobre uma artista de rock envelhecida (Meryl Streep), e o seu mais projeto mais recente foi para o musical "Jagged Little Pill", de Alanis Morissette.

Em 2017, Madonna arrasou a notícia de que um estúdio de Hollywood preparava um "biopic" intitulado precisamente "Blond Ambition", que abordaria a sua vida amorosa em Nova Iorque e a indústria musical no início da década de 1980.

O argumento era de Elyse Hollander e entrou na chamada "black list" de Hollywood, uma lista onde os executivos de cinema votam nos seus trabalhos preferidos que ainda não foram selecionados para produção.

"Ninguém sabe o que eu sei e o que vi. Apenas eu posso contar a minha história. Quem mais tentar é um charlatão e um tolo à procura de gratificação instantânea sem fazer o trabalho. Esta é uma doença na nossa sociedade".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.