É essa a proposta de ‘Terra Amarela’, uma curta-metragem que, durante 15 minutos, nos leva numa viagem claustrofóbica aos meandros do tráfico humano. Tendo a Europa como pano de fundo, apresentada como uma terra de ninguém, o filme tem como objetivo denunciar e sensibilizar a comunidade para este flagelo silenciado.

Esta curta-metragem, assinada por Dinis Costa, será exibida hoje (30), às 19h, no Cinema São Jorge, em Lisboa, e a entrada é livre. Conta com a presença do realizador e de Carolina Castro Almeida, uma das produtoras do filme.

Fernando Nobre, presidente da Assistência Médica Internacional, e Sara Nasi, psicóloga social na Associação para o Planeamento da Família, serão convidados especiais desta noite, convidados a falar sobre a temática.

Ainda para assinalar este Dia Internacional Contra o Tráfico de Pessoas com cinema, recorda-se a estreia da curta-metragem ‘Kunta’, há 10 anos, sobre o mesmo tema, através de um visionamento. Estarão também presentes Ângelo Torres, realizador e co-autor, e Carlos Isaac, também co-autor do argumento.
Kunta’ arrecadou os prémios para melhor curta-metragem do Festival de Cinema de Luanda 2008 e do FESTin 2010.