«Wall Street 2: Money Never Sleeps» é o título do filme que se seguirá ao incontornável
«Wall Street», que consolidou
Oliver Stone como um dos grandes cronistas cinematográficos da sociedade norte-americana e valeu o Óscar de Melhor Actor a
Michael Douglas pelo papel de Gordon Gekko, que imortalizou o mantra «Greed is good».

A acção agora decorre em Junho de 2008, duas décadas depois da fita original. Gekko acaba de sair da prisão e tenta, sem sucesso, avisar Wall Street de que está à beira de um colapso financeiro. Ao mesmo tempo, há um jovem empreendedor, Jacob (
Shia LaBoeuf), noivo da filha desavinda de Gekko (
Carey Mulligan), cujo mentor (
Frank Langella) morre em circunstâncias pouco claras.

Jacob acha que que a personagem interpretada por
Josh Brolin é a responsável e alia-se a Gekko para se vingar, em troco de o ajudar a reconciliar-se com a filha. À partida,
Susan Sarandon terá um papel relativamente secundário, como a mãe de Jacob, mas poderá revestir-se de uma importância acrescida caso venha a ter o peso moral da personagem que lhe era equivalente no primeiro filme, interpretada por
Martin Sheen.

Javier Bardem também fez parte do elenco, mas foi forçado a sair por conflitos de agenda e o seu papel está agora nas mãos de Josh Brolin.

A rodagem deverá começar em Setembro para estrear em Abril de 2010.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.