Depois de Michael Myers, chegou a vez de Jason Voorhees?

Não demorou muito: menos de 24 horas após o novo "Halloween" com Jamie Lee Curtis ter arrecadado 77,5 milhões de dólares nos primeiros três dias de exibição nos EUA [67,3 milhões de euros], surgem notícias de que pode estar de volta outro grande assassino em série do cinema americano dos anos 80 e a sua máscara, um dos ícones do cinema de terror.

O Deadline avançou que duas produtoras estão a juntar forçar para recuperar "Sexta-Feira 13" e uma delas pertence a LeBron James, a estrela da NBA cada vez mais envolvida com Hollywood e que é um grande fã.

O processo ainda está numa fase muito inicial e estão a decorrer reuniões para potenciais realizadores e argumentistas.

A lendária saga de terror começou em 1980 e foram feitos nove filmes até 1993, a que se juntou "Jason X" em 2001 e ainda o "cruzamento" com Freddy Krueger em "Freddy Contra Jason" (2003), além de uma nova versão do original de 2009 que não ficou para a história.

Com tantos filmes, existem várias partes com uma palavra a dizer antes do projeto avançar, incluindo Victor Miller, argumentista do primeiro filme, que recuperou os direitos da saga, aproveitando uma lei de direitos de autor nos EUA que dá uma segunda oportunidade após 35 anos. Ele tinha-os vendido por menos de dez mil dólares e não esteve envolvido nas sequelas.

No ano passado, o estúdio Paramount cancelou uma nova versão de "Sexta-Feira 13" após o fracasso comercial de "Rings", o terceiro filme da saga "The Ring - O Aviso", acreditando que o filão de recuperar sagas de terror tinha esgotado. Foi essa postura que está agora a mudar graças ao novo "Halloween".

Recorde "Sexta-Feira 13": Todos os filmes da grande saga de terror do melhor para o pior


Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.