Apesar de ter tido um primeiro fim-de-semana relativamente desapontante em termos de bilheteiras (44 milhões de dólares nos EUA, mediano para um suposto «blockbuster»),
«Como Treinares o teu Dragão», que parecia destinado a agradar apenas a um público infanto-juvenil, está a tornar-se o sucesso surpresa do ano.

Nos EUA, o filme enfrentou o embate com
«Confronto de Titãs», resistiu e voltou este fim-de-semana a ser o filme mais visto no país, tendo já facturado 180 milhões de dólares nos EUA, caso muito raro num mercado em que as películas raramente se conseguem mantar mais que duas semanas entre as mais vistas. E tendo em conta que
«O Panda do Kung Fu», que contabilizou 215 milhões de dólares nos EUA arrancou a sua carreira com 60 milhões, tudo indica que só os filmes da trilogia
«Shrek» facturarão mais no catálogo da DreamWorks. A propósito disso,
Jeffrey Katzenberg, dirigente do estúdio, afirmou numa conferência que «o importante não é como se começa mas como se acaba».

Em todo o mundo, o filme já rendeu 370 milhões de dólares e em Portugal já foi visto por mais de 270 mil espectadores. A sequela, Katzenberg já garantiu, estreará em 2013, estando também planeado um espectáculo ao vivo, uma série de televisão e a criação de uma aplicação virtual para a internet.

O filme, que recebeu um acolhimento muito favorável da crítica, foi realizado por
Dean Deblois e
Chris Sanders, que já tinham tido sucesso na Disney com o muito elogiado
«Lilo & Stitch».

«Confronto de Titãs», menos bem acolhido pela crítica mas que também já facturou 388 milhões no mundo, já viu igualmente aprovada uma sequela, com
Sam Worthington garantido mas provavelmente sem
Louis Leterrier na realização.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.