Matthew McConaughey e Anne Hathaway estão furiosos com a distribuidora Aviron Pictures por causa da promoção ao filme "Serenidade".

No último fim de semana, a estreia do "thriller" só conseguiu um oitavo lugar nas bilheteiras, com 4,8 milhões de dólares de 2561 salas de cinema nos EUA.

O balanço é péssimo para estes dois recentes vencedores de Óscares: para Matthew McConaughey, só "Ouro" (2017) e "Herança de Peso" (1996) correram pior nos filmes que tiveram direito a um grande lançamento, mas no caso de Anne Hathaway é mesmo o ponto mais baixo na carreira.

Segundo avança o Deadline, McConaughey é o que está a reagir pior porque acha que foi enganado, já que viu rejeitado pela Aviron o pedido para começar a lançar "Serenidade" aos poucos nas salas.

Para as estrelas e os seus representantes, a Aviron Pictures não cumpriu o acordo de investir no "P&A" [cópias e publicidade] de "Serenidade" o dinheiro proporcional a uma estreia em 2500 salas, enquanto McConaughey e Hathaway concordaram em participar numa campanha completa de promoção que passava pelos "junkets" de imprensa e presença no maior número possível de "talk-shows".

A suspeita clara de que a Aviron basicamente "despejou" o filme nos cinemas sem qualquer apoio surgiu quando se começou a perceber que não passavam "spots" na televisão e os responsáveis começaram a dar desculpas ou não respondiam aos contactos telefónicos.

Fontes ouvidas pelo Deadline dizem que apenas na noite anterior aos atores participarem no "junket" em Los Angeles é que lhes foi dito que as entrevistas teriam de ser o suficiente pois não haveria investimento em P&A.

A Aviron Pictures começou por recusar dar a sua versão ao Deadline, mas acabou por responder mais tarde que teve de seguir uma estratégia de cortar nos prejuízos.

Apesar de ter "as melhores intenções" com o filme, salienta, a distribuidora teve de ajustar o orçamento e marketing quando os resultados dos vários testes que fizeram com espectadores e críticos mostraram que não ia corresponder às suas expectativas.

"Independentemente dos gastos, é quase impossível um drama para adultos superar uma pontuação de 23% no Rotten Tomatoes [site que faz a média das críticas positivas e negativas] e um D + CinemaScore [inquéritos feitos aos espectadores à saída das sessões]. Gastar mais teria sido irresponsável para com nossos parceiros financeiros e não teria sido sensato em termos de gestão para um distribuidor independente. Temos enorme respeito e admiração pelo talento e todo o trabalho duro que fizeram no filme e desejávamos que os resultados de bilheteira fossem melhores", conclui a declaração.

TRAILER "SERENIDADE".