O Hollywood Reporter e outros meios confirmaram que a Marvel já escolheu quem vai fazer o filme sobre a Viúva Negra interpretada por Scarlett Johansson.

A eleita foi Cate Shortland, realizadora australiana mais conhecida por "Lore", um filme de 2012 sobre uma jovem alemã que protegia os irmãos na primavera de 1945, quando a resistência alemã entrava em colapso e as forças aliadas avançam.

Cate Shortland

Esta é uma boa notícia para Scarlett Johansson, novamente envolvida numa polémica por ter sido escolhida para interpretar uma personagem transexual noutro projeto.

Várias fontes adiantaram que a Marvel teve encontrou com 70 a 75 cineastas antes de fazer a escolha que viram como ideal.

A prioridade foi sempre uma mulher, mas a certa altura a busca parou e o estúdio começou a ver também entre homens. No entanto, Johansson sempre foi uma apoiante de Shortland por admirar a forma como retratou o papel da protagonista de "Lore".

Os pormenores do projeto sobre a Viúva Negra continuam secretos, mas sabe-se que a mais recente versão do argumento é também de uma mulher, Jac Schaeffer.

Scarlett Johansson apareceu sete vezes como a Viúva Negra, apresentada pela primeira vez em "Homem de Ferro 2" (2010) e que irá surgir pelo menos mais uma vez, na sequela de "Vingadores: Guerra do Infinito" que chega aos cinemas em maio de 2019.

Após esse filme, a Marvel irá entrar numa nova era cinematográfica e espera-se que várias personagens principais sejam reformadas ou mesmo "mortas".

Um projeto centrado em Johansson a partir de 2020 seria neste contexto, quando a atriz estiver com 37 anos.

Em outubro de 2016, numa entrevista à Variety, ela deu a entender que a história do projeto a solo podia passar por abordar as origens como super espia na Rússia, antes dos eventos do primeiro "Vingadores".

Acrescentou que o tempo se estava a esgotar: "Se o fizesse, teria de ser enquanto ainda quero usar o fato justo. Não sei durante quanto tempo mais isso poderá ser."

Segundo avançou o Daily Mail em janeiro, a Marvel e a Disney aceitaram pagar-lhe 25 milhões de dólares. O valor ainda contrasta com os 50 milhões à cabeça para Robert Downey Jr. ser Tony Stark e o Homem de Ferro, mas tornaria a atriz a mais bem paga de sempre por apenas um projeto.

Uma sondagem da Fandago em 2016 indicou que a Viúva Negra era a personagem preferida dos fãs para ver como protagonista de um filme. Apesar disso, o primeiro filme baseado numa mulher será "Captain Marvel", com Brie Larson, que estreia a 8 de março de 2019 e é co-realizado por Anna Boden e Ryan Fleck.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.