São as primeiras imagens de"1917", o novo filme de Sam Mendes, divulgadas no dia do seu aniversário e exatamente quatro meses após começar a rodagem na Inglaterra e Escócia.

Os prazos apertados e a data de estreia para 25 de dezembro nos EUA (janeiro de 2020 em Portugal) confirmam que esta é uma aposta forte para a próxima temporada de prémios que culmina nos Óscares.

O oitavo trabalho do realizador vencedor dos Óscares com "Beleza Americana" (1999) e dos últimos dois elogiados títulos da saga James Bond ("Skyfall" e "Spectre"), será um épico que se passa num único dia no auge da Primeira Guerra Mundial. O argumento foi escrito por Mendes com Krysty Wilson-Cairns (da série "Penny Dreadful").

Dois jovens soldados britânicos, Schofield (George MacKay, do filme "Capitão Fantástico") e Blake (Dean-Charles Chapman, que foi Tommen Baratheon na série "A Guerra dos Tronos"), recebem uma missão aparentemente impossível: numa corrida contra o tempo, têm de atravessar território inimigo e entregar uma mensagem que impedirá um ataque letal contra centenas de soldados, entre eles o irmão de Blake.

À volta dos protagonistas estará a experiência de atores como Colin Firth ("O Discurso do Rei"), Benedict Cumberbatch ("O Jogo da Imitação", "Doutor Estranho"), Mark Strong ("O Corpo da Mentira", "Kingsman"), Andrew Scott ("007 - Spectre", a série "Sherlock"), Richard Madden ("Cinderela", a série "Bodyguard"), Daniel Mays ("Rogue One: Uma História de Star Wars"), Adrian Scarborough ("A Loucura do Rei George"), Jamie Parker ("A Turma de História") e Nabhaan Rizwan (a série "Informer").

Atrás das câmaras também estão alguns dos maiores talentos do cinema, como o diretor de fotografia Roger Deakins ("Blade Runner 2049", "007 - Skyfall"), o editor Lee Smith ("Dunkirk", "O Cavaleiro das Trevas") e o compositor Thomas Newman, que escreveu as bandas sonoras de seis dos sete filmes de Mendes, incluindo "Beleza Americana", "Caminho para Perdição" e os dois "007".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.