O lendário produtor Jerry Bruckheimer e Will Smith já fizeram vários filmes, com destaque para a saga "Bad Boys". Mas o que os poderia juntar forças com Ang Lee, que ganhou Óscares com "O Segredo de Brokeback Mountain" (2005) e "A Vida de Pi" (2012), e ainda tem no currículo o lendário "O Tigre e o Dragão" (2000)?

A resposta inesperada chama-se "Projeto Gemini" e pelo primeiro trailer divulgado esta terça-feira percebe-se o que cativou o prestigiado realizador para o projeto.

As imagens mostram um credível Will Smith rejuvenescido a perseguir um veterano assassino de elite que consegue prever todos os seus movimentos, descobrindo que é um clone dele.

No comunicado que acompanhou o lançamento do trailer, Lee explica que a nova tecnologia digital tornou credível que Will Smith, agora com 50 anos, partilhe o ecrã com um "duplo" com o aspeto que ele tinha no primeiro "Bad Boys" ou "O Dia da Independência", por volta de 1995-96.

Por causa desse desafio, este projeto de ação e ficção científica andava por Hollywood desde 1997 e esteve para ser feito, em diferentes fases, por Tony Scott e Curtis Hanson, entre outros.

"Na minha opinião, este é o Will mesmo ao seu melhor nível e é algo de verdadeiramente mágico quando os dois se encontram", acrescentou o realizador.

"Este não é apenas um filme de ação, mas uma exploração de como eu mais jovem pode, no fim de contas, ensinar o seu eu mais velho. Agora tenho 50 anos e a ironia de me tornar a versão jovem de 23 anos neste filme é que eu não estaria preparado para esta experiência ou fazer este papel aos 23 anos", explicou o ator na mesma declaração.

Ainda com Mary Elizabeth Winstead, Benedict Wong e Clive Owen, "Projeto Gemini" fugiu da competitiva temporada de verão e estreia nos EUA a 11 de outubro (um dia após Portugal), o que pode indicar que o estúdio tem ambições que vão para lá dos resultados de bilheteira.

VEJA O TRAILER LEGENDADO.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.