Chris Pratt está a ser cobiçado para ser o novo Simon Templar no cinema.

Segundo o Deadline, as negociações ainda estão numa fase inicial, mas o estúdio espera que o projeto venha a ser construído à volta do ator dos filmes "Guardiões da Galáxia" e "Mundo Jurássico".

Criado pelo escritor Leslie Charteris, o charmoso Simon Templar, conhecido como O Santo, é uma espécie de Robin Hood dos tempos modernos, que só rouba os criminosos. Também é implacavelmente perseguido pelo Inspector Claude Teal, que não o distingue de um qualquer criminoso comum.

Apesar de Hollywood ter feito alguns filmes de segunda linha entre 1938 e 1941, a personagem só se tornou icónica com a série televisiva de culto com Roger Moore.

Produzida entre 1962 e 1968, foi transitando paulatinamente de uma série puramente policial para uma saga com contornos de aventura de espionagem, sempre com doses equilibradas de mistério e elegância, bem ao sabor da moda da época, criada pelo grande sucesso dos filmes de James Bond no cinema. De facto, o seu impacto foi tão grande que Moore acabou por suceder definitivamente a Sean Connery como o 007.

Aproveitando o sucesso de Batman, Val Kilmer foi escolhido para ser O Santo num filme de 1997 que apostava mais na sua faceta de ladrão internacional e mestre dos disfarces, que era contratado por mafiosos russos para roubar uma fórmula de fusão a frio desenvolvida por uma bela e jovem cientista inglesa (Elisabeth Shue).

Roger Moore fazia um "cameo" no fim como a voz que se ouvia a ler notícias na rádio.

A intenção de começar uma nova saga cinematográfica falhou com as reações mistas ao filme e principalmente a desilusão com as receitas de bilheteira.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.