"O Corcunda de Notre Dame" será um dos próximos filmes de animação da Disney que vai ter direito a uma versão em imagem real.

Para escrever o argumento baseado na animação e no romance de 1831 de Victor Hugo "Nossa Senhora de Paris", o estúdio chamou David Henry Hwang, um premiado e conceituado dramaturgo da Broadway.

O projeto tem o envolvimento como produtor do ator Josh Gad (o Olaf de "Frozen") e ainda não há realizadores ou atores, mas esta é claramente mais uma aposta forte: a música vai ser da responsabilidade de Alan Menken e Stephen Schwartz, veteranos de clássicos como "A Pequena Sereia", "A Bela e o Monstro", "Aladdin", "Pocahontas" e, naturalmente, "O Corcunda de Notre Dame".

A história sobre o corcunda e deformado sineiro Quasimodo, que se apaixona pela cigana Esmeralda, objeto de paixões proibidas por homens tão poderosos como o Arcebispo de Notre-Dame, já inspirou vários filmes de qualidade, destacando-se "Nossa Senhora de Paris" (1923), com Lon Chaney como Quasimodo, "Nossa Senhora de Paris" (1939), com Charles Laughton no papel titular, e "Notre-Dame de Paris" (1956), com Anthony Quinn como corcunda.

A estratégia de sucesso da Disney de ir ao seu arquivo histórico já deu adaptações como "Alice no País das Maravilhas", "A Bela e o Monstro" e "O Livro da Selva".

Em 2019, será lançadas novas versões de "Aladdin", "O Rei Leão" e "Dumbo".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.