Um ano antes da estreia nos cinemas, a realizadora Patty Jenkins fez uma surpresa com o lançamento do primeiro poster de "Mulher-Maravilha 1984".

A rainha das amazonas interpretada por Gal Gadot surge como uma armadura numa colorida arte muito fiel ao espírito da década da nova história.

A sequela de "Mulher-Maravilha" (2017) chega apenas a 5 de junho de 2020, mas o lançamento do primeiro elemento da campanha de marketing foi "antecipado".

A realizora deu a entender que a surpresa é uma compensação para os fãs que manifestaram grande desilusão ao saber que o estúdio Warner Bros. estará ausente, pela primeira vez em 20 anos, da convenção Comic-Con de San Diego, onde costumam ser antecipadas as novidades sobre os próximos projetos da cultura popular.

Para além de "Mulher-Maravilha 1984", eram esperadas apresentações de outros dois filmes do universo dos super-heróis, "Birds of Prey" e "Joker", além de "It: Capítulo 2" e a nova versão de "Dune".

"Por esta altura já souberam: a WB não vai este ano ao salão H [a maior sala no centro de convenções]. Estamos muito tristes por não vos encontrarmos lá. E esperar por dezembro para começar a sério a nossa campanha 'Mulher-Maravilha 1984'... mas a verdade é que... mal conseguimos... esperar."

Além de Gal Gadot, regressam do primeiro filme Chris Pine, Connie Nielsen e Robin Wright. As principais novidades no elenco são Kristen Wiig e Pedro Pascal.