"Star Wars" pertence agora à Disney, mas isto não quer dizer que se possa fazer tudo com as suas personagens.

Foi isso que descobriram os realizadores da animação "Força Ralph: Ralph vs Internet" quando tentaram fazer uma piada sobre Kylo Ren, o vilão da nova trilogia "Star Wars".

O filme é uma "sátira carinhosa" e conta com a participação simbólica de muitas personagens da Disney.

O co-realizador Rich Moore em entrevista ao IGN revelou que "a certa altura, tínhamos uma piada sobre Kylo Ren ser tipo um miúdo mimado".

"Fomos à Lucasfilm e dissemos, isto é o que estamos a fazer. E eles disseram, bem, preferíamos que não o mostrassem como um miúdo mimado. Sabem, ele é o nosso vilão e preferíamos que não fizessem isso", acrescentou.

Como explicou Moore, a piada caiu por terra porque a intenção do filme é ser respeitoso com as personagens. Por exemplo, não houve problemas em contar com C-3PO para ser o mordomo da Branca de Neve e das outras princesas da Disney "porque se sentiu que isso faz parte do seu caráter".

Força Ralph: Ralph vs Internet

Lançado em 2012, "Força Ralph", nomeado para os Óscares, que era uma nostálgica viagem pelos videojogos de arcade que fizeram as delícias de quem cresceu nos anos 1980. No centro da história estava Ralph, o vilão de um popular videojogo há décadas, que decidia juntar-se à endiabrada Vanellope numa aventura para provar que também podia ser um herói.

Na sequela que chega aos cinemas portugueses a 22 de Novembro, Ralph e Vanellope vão agora causar estragos e encontrar muitas outras personagens, tendo sido já antecipado como um dos grandes momentos a primeira reunião das princesas Disney.

VEJA O TRAILER.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.