A Pearl Street Films, a produtora fundada por Matt Damon e Ben Affleck, vai implementar a cláusula que pretende aumentar a diversidade racial e de género na escolha de atores e outros elementos da equipa em futuros projetos.

A cláusula, chamada "inclusion rider", era pouco conhecida até Frances McDormand a mencionar no final do seu discurso de aceitação do Óscar de Melhor Atriz por "Três Cartazes à Beira da Estrada" a 4 de março.

A decisão foi anunciada no Twitter pela atriz e produtora Fanshen Cox DiGiovanni, com uma referência ao ator Michael B. Jourdan ("Creed", "Black Panther"), o primeiro a anunciar a semana passada que a "inclusion rider" estaria nos projetos da sua produtora Outlier Society Productions.

Fundada em 2012 e presidida por Jennifer Todd, a Pearl Street Films foi responsável pelos filmes "Terra Prometida", de Gus Van Sant, "Manchester by the Sea", de Kenneth Lonergan, "Jason Bourne", de Paul Greengrass, e "Viver na Noite", de Ben Affleck.