Martin Scorsese confirmou que o seu próximo filme, "Killers of the Flower Moon", vai ser o seu primeiro western de uma carreira com mais de 50 anos.

A rodagem está prevista para começar já em março e prolongar-se durante o verão, juntando o realizador pela primeira vez tanto com os seus atores de eleição, Robert De Niro e Leonardo DiCaprio: os três têm muita história entre si, mas nunca ao mesmo tempo no cinema.

A história andará à volta do que aconteceu à nação índia Osage, que viu vários dos seus membros assassinados um a um no início dos anos 1920 nos EUA após a descoberta de petróleo no seu território, no que se tornou um dos primeiros casos investigados pelo recentemente criado FBI.

O que se descobriu foi uma assustadora conspiração e um dos crimes mais monstruosos da história do país: oficialmente, foram 20 vítimas, mas suspeita-se que o número tenha chegado às centenas.

"Achamos que vai ser um western. Isto aconteceu em 1921-1922 em Oklahoma. Certamente que existem cowboys, mas têm carros e também cavalos. O filme é principalmente sobre os Osage, uma tribo índia que recebeu um território horrível, que adoraram porque disseram a si mesmos que os brancos nunca se interessariam por ele. Depois descobre-se petróleo lá e, durante cerca de dez anos, os Osage tornam-se os mais ricos do mundo, per capita", explicou Scorsese à revista francesa Premiere.

"Então, como nas regiões de mineração de Yukon e Colorado, os abutres desembarcam, o homem branco, o europeu chega e tudo está perdido. Lá, o submundo tinha tanto controlo sobre tudo que era mais provável que se fosse parar à prisão por matar um cão do que um índio", acrescentou o cineasta de 77 anos.

"É tão interessante pensar sobre a mentalidade que nos conduz a isto. A história da civilização remonta à Mesopotâmia. Os hititas são invadidos por outro povo, desaparecem e, mais tarde, diz-se que foram assimilados, ou melhor, absorvidos. É fascinante ver esta mentalidade que é reproduzida noutras culturas, através de duas guerras mundiais. E, portanto, acho que é intemporal. Este é o filme que vamos tentar fazer", conclui.

Martin Scorsese e Robert De Niro reencontraram-se pela oitava vez em "O irlandês", renovando uma colaboração artística que não acontecia desde "Casino", em 1995, e onde estão títulos como "Os Cavaleiros do Asfalto" (1973), "Taxi Driver" (1976), "O Touro Enraivecido" (1980) e "Tudo Bons Rapazes" (1990).

Por seu lado, Leonardo DiCaprio e Martin Scorsese fizeram cinco filmes: o primeiro foi "Gangs de Nova Iorque" (2002) e o mais recente "O Lobo de Wall Street" (2013).

Além disso, DiCaprio revelou-se no cinema com "A Vida Deste Rapaz", que De Niro realizou em 1993.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.