Nunca se falou também em bigodes na história do cinema de super-heróis e ainda não chegou ao fim a saga à volta de um que não aparece em "Liga da Justiça".

Tudo começou em julho, quando o bigode que Henry Cavill tem por causa da sua personagem no sexto filme "Missão Impossível" se tornou viral. O pior foi quando a rodagem desse filme coincidiu com a refilmagem de novas cenas do ator como Super-Homem para "Liga da Justiça" e o proibiram de cortar o "extra capilar".

Uma vez que o super-herói tinha de aparecer de rosto limpo, o estúdio Warner Bros. foi obrigado a usar efeitos especiais para uma remoção digital, mas apesar do esforço financeiro, muitos fãs notaram que Henry Cavill realmente aparece "estranho"... e não tinha nada a ver com o facto de ter ressuscitado.

Agora, um artista de efeitos especiais que trabalhou em "Liga da Justiça" deu alguns esclarecimentos no Reddit, revelando que tudo começou a correr mal porque o estúdio Paramount não quis que Henry Cavill usasse um bigode falso no sexto "Missão Impossível".

"Como um fã, fiquei chateado. A Paramount devia tê-lo barbeado e colocado um [bigode] falso para 'MI6'. Ridiculamente mesquinho da parte deles. Fizemos testes nas cenas do Super-Homem já filmadas para também adicionar uma barba para mostrar à equipa MI6 na Paramount que era muito mais fácil e a Warner Bros ofereceu-se para pagar todas as despesas da adição. Disseram que não", explicou esta fonte, que assinou como LDN_Film, mas cuja legitimidade foi comprovada pelo Reddit.

Se "Liga da Justiça" tivesse sido adiado para 2018, acrescentou, o trabalho de remoção do bigode "teria sido indetetável", mas havia um limite temporal: a Warner Bros. queria manter a data de estreia para 16 de novembro.

Portanto, foram apenas três meses e três empresas de efeitos especiais só para tratar do assunto e este artista admitiu que ficou chocado com algum do trabalho final.

"Vi-o com a equipa e outra vez hoje. A nossa equipa fez muito trabalho de remoção da barba e substituição do resto no Super-Homem e estávamos orgulhosos das nossas cenas e que os espectadores em geral não fossem notar demasiado. Não tenho a certeza que outro estúdio fez aquela cena inicial com o telemóvel [em que o Super-Homem fala com duas crianças] mas é pavorosa. Não devia ter sido aprovada internamente, muito menos chegar ao ponto de entrar no filme. Isso chocou-me um bocado. Estávamos todos a olhar uns para os outros quando o filme começou tipo 'Que raio é isto?!'".

Para os fãs no Reddit que perguntaram se o trabalho seria melhorado para a edição em Blu-ray release, "LDN_Film" simplesmente respondeu, "lol, não".

LDN_Film deixou ainda um esclarecimento: "Apenas tenham a noção que as pessoas que trabalham nestes filmes também são fãs; queremos que sejam bons. Quando são uma desilusão dá tanto cabo de nós como aos espectadores normais, se não mais, investimos sempre dois anos nisto. Não controlamos a montagem, o orçamento, o tempo ou as decisões ridículas tomadas pelos estúdios."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.