"Kung Fu" vai ser uma das próximas séries a ter uma nova vida no cinema.

Para reduzir os elevados riscos financeiros, Hollywood aposta em projetos baseados em títulos antigos ou marcas facilmente reconhecíveis por vários públicos e com potencial para atrair uma audiência mundial onde a nostalgia tem um importante peso psicológico.

É esse o caso da mítica série onde, ao longo de três temporadas e 63 episódios entre 1972 e 1975, David Carradine foi Kwai Chang Caine, um pacífico monge Shaolin que não precisava de armas para se defender, apenas o seu treino espiritual e das artes marciais, enquanto viajava pelo Velho Oeste americano à procura do seu meio-irmão.

O Deadline Hollywood avança que a Universal Pictures adquiriu os direitos para fazer um filme de ação em que a história se passa nos nossos dias.

O projeto destina-se a David Leitch, reforçando a relação com o estúdio após o sucesso de "Velocidade Furiosa: Hobbs & Shaw".

O realizador e antigo duplo está ligado a outros filmes de ação com grande impacto nos últimos anos: o primeiro "John Wick" (co-realizado com Chad Stahelski), "Atomic Blonde" e "Deadpool 2".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.