Parece haver uma surpresa quase no fim de 2018: os elogios a "Homem-Aranha: No Universo Aranha" têm sido tão grande que já estão em preparação mais dois filmes.

Com um novo estilo visual, a animação tem sido descrita como uma visão inovadora do universo do Homem-Aranha onde mais do que uma pessoa pode usar a máscara. Aqui, o herói é Miles Morales, um adolescente negro de Brooklyn.

Nas vozes estão atores como Nicolas Cage, Hailee Steinfeld, Mahershala Ali e Shameik Moore, mas os principais produtores e forças criativas são Phil Lord (que também assina o argumento) e Christopher Miller, realizadores de “Lego – O Filme” e “Agentes Secundários”.

Com estreia marcada em Portugal para 13 de dezembro, uma semana antes dos EUA, o entusiasmo já levou a Sony a aprovar uma sequela à história de Miles Morales como Homem-Aranha.

Segundo o The Hollywood Reporter, a realização será de Joaquim dos Santos, conhecido no mundo da animação pela série "Avatar: A Lenda de Aang" (2007). O argumento será de David Callaham, que escreveu o ainda inédito "Mulher-Maravilha 1984".

O outro passo será com a realizadora Lauren Montgomery, que trabalhou em vários projetos de animação para a DC Comics: se as negociações do contrato tiverem sucesso, será ela que ficará à frente de um "spin-off" no mesmo universo, mas protagonizado apenas por super-heroínas.

A personagem principal será Spider-Gwen, uma personagem desta fase mais recente: a Sony acredita que se irá tornar uma das mais populares após a estreia da animação.

Phil Lord e Christopher Miller continuarão envolvidos como os supervisores destes projetos do novo universo cinematográfico.

VEJA O TRAILER "HOMEM-ARANHA: NO UNIVERSO ARANHA".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.