Os fãs de "Guardiões de Galáxia" têm de se consolar com a sua presença em "Vingadores: Endgame" porque vão ter de esperar bastante pelo terceiro filme sobre o grupo de super-heróis mais desvairado do Universo Cinematográfico Marvel.

Segundo a informação da Production Weekly, revelada inicialmente através da Comic Book, o início provável da rodagem de "Guardiões da Galáxia, Vol. 3" deverá ser fevereiro de 2021 sob o  título de trabalho (algo normal na indústria) "Hot Christmas" [Natal quente].

Se esta previsão se confirmar, será exatamente cinco anos após ter começado a rodagem do "Vol. 2".

A Marvel ainda não colocou o projeto no mapa de estreias, mas este prazo indica que, na mais otimista das previsões, o filme só chegará aos cinemas no verão de 2022, também cinco anos após o anterior.

O argumento do "Vol. 3" está pronto desde julho de 2018, mas a Marvel tem de esperar que o realizador James Gunn acabe a sequela de "Esquadão Suicida", que chegará aos cinemas em agosto de 2021.

O obreiro do sucesso mais inesperado de todos os filmes do Universo Cinematográfico Marvel foi despedido pela Disney em julho de 2018 por causa de comentários ofensivos com dez anos nas redes sociais sobre temas como pedofilia e violação.

Há uma semana, o estúdio anunciou a sua recontratação e aceitou esperar pois a "rival" DC Comics entretanto tinha ido buscar o responsável pela injeção de frescura, energia, irreverência e humor no primeiro "Guardiões da Galáxia" em 2014 para reinventar o seu "Esquadrão Suicida".