Numa temporada cheia de incertezas, eis a clarificação que faltava: "Green Book" foi eleito o melhor filme de 2018 pelo sindicato dos produtores de cinema nos EUA (Producers Guild of America, PGA).

Os prémios foram entregues este sábado à noite durante uma cerimónia em Los Angeles, três dias antes de serem divulgados os nomeados para os Óscares.

Nas categorias de cinema, os PGA são uma importante clarificação do que pensam os profissionais do interior de Hollywood e antecipam as prováveis escolhas da Academias: os organizações partilham muitos dos membros e também o processo de votação.

O filme realizado por Peter Farrelly, mais conhecido pelas comédias "Doidos à Solta" e "Doidos por Mary", conta a história verídica da amizade que nasceu quando o famoso pianista negro Don Shirley (Mahershala Ali) contratou um segurança italo-americano como motorista (Viggo Mortensen) para o acompanhar uma digressão pelo Sul racista dos EUA nos anos 1960.

Nas últimas semanas surgiram histórias controversas à sua volta, o que parecia indicar que seria um dos favoritos dentro da indústria. Após receber o Globo de Ouro para Melhor Filme de Comédia ou Musical, este prémio dos PGA confirmou isso numa temporada que tem sido muito competitiva contra "Roma", "Assim Nasce Uma Estrela", "Black Panther", "BlacKkKlansman: O Infiltrado", "Vice" e "A Favorita", que tinham sido nomeados pelos PGA, tal como "Bohemian Rhapsody", "Um Lugar Silencioso" e "Crazy Rich Asians".

Peter Farrelly ao aceitar o prémio.

Nos 29 anos dos PGA, 20 ganharam subsequentemente o Óscar de Melhor Filme (e em parte sobe para 21 vezes pois "12 Anos Escravo" e "Gravidade" empataram em 2013, ganhando o primeiro a estatueta dourada).

No ano passado, as duas organizações escolheram "A Forma da Água" e nas dez edições anteriores só não coincidiram duas vezes: "A Queda de Wall Street" e "La La Land" foram os melhores de 2015 e 2016 para os PGA, enquanto a Academia preferiu "O Caso Spotlight" e "Moonlight".

Na corrida para Melhor Filme de Animação,"Homem-Aranha: No Universo Aranha" bateu "The Grinch", "The Incredibles 2: Os Super-Heróis", "Ilha dos Cães" e Ralph vs Internet" e "Homem-Aranha: No Universo Aranha".

O melhor documentário foi “Won’t You Be My Neighbor?”,  sobre o amado apresentador de televisão durante vários gerações Fred Rogers.

Os destaques no pequeno ecrã...

Os PGA também têm prémios para os programas de TV ou streaming.

A despedida de "The Americans" foi eleita a Melhor Série em Drama, que se juntou às distinções dos Globos de Ouro e Critic´s Choice Awards.

"The Marvelous Mrs. Maisel" ganhou Melhor Série em Comédia e "American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace" a Melhor Minissérie.

Destaque ainda para os programas de variedades ou "talk-shows", onde estão vários que se podem ver em Portugal ou "online": "Last Week Tonight With John Oliver" voltou a bater a concorrência de "The Daily Show with Trevor Noah", "The Late Show with Stephen Colbert", "Real Time with Bill Maher" e "Saturday Night Live".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.