Filmes com cenas de violação e outras formas de violência sexual vão passar a ser apenas permitidos para maiores de 15 anos nos cinemas da Grã-Bretanha.

Essa é a maior mudança nas orientações do sistema etário do British Board of Film Classification (BBFC), publicadas esta quinta-feira.

No seguimento das consultas públicas realizadas a cada cinco anos pela organização, a maior preocupação das mais de dez mil pessoas que foram ouvidas foi com a representação da violência sexual.

"Apesar de termos regras muito rigorosas sobre a violência sexual, existiu uma vontade do público para sermos ainda mais cuidadosos do que somos agora", salientou um responsável do BBFC.

Um exemplo das novas alterações seria o do filme de época "A Duquesa" (2008), com Keira Knightley, que foi classificado para maiores de 12 anos: agora provavelmente seria apenas autorizado para os maiores de 15 por causa de uma cena em que uma mulher está a ser dominada por um homem na cama e é sugerido que será violada.

No guia disponível para cada classificação etária também consta que a violência sexual em filmes para maiores de 15 não deverá ser "pormenorizada ou prolongada".

Se isso acontecer, o mais provável é que sejam apenas possam ter acesso os adultos (18 anos).

Outra preocupação que transpareceu da consulta pública foi o de um maior rigor sobre até onde se pode ir no uso de linguagem mais forte e referências sexuais nos filmes para maiores de 15.

O responsável do BBFC indicou como exemplo a animação "Salsicha Party" (2016), que termina numa orgia com comida e tem muita linguagem e referências explícitas: se não tivesse cortes, agora seria classificado para maiores de 18.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.