Segundo o site especializado
TheWrap,
«Rodham» contará com argumento do sul-coreano Young Il Kim e girará em torno do escândalo de Watergate, na década de 1970, altura em que a jovem advogada Hillary Rodham fazia parte da comissão encarregada do julgamento político do Presidente Richard Nixon.

A história centra-se no dilema da jovem Hillary, que teve de escolher entre um caminho que poderia levá-la à Casa Branca e os seus sentimentos por Bill Clinton, que era, então, um ex-namorado que dava aulas de Direito no estado norte-americano do Arkansas.

O filme será produzido por Wyck Godfrey e Marty Bowen, através da Temple Hill Entertainment, e, segundo a publicação, o plano é fechar contrato com uma atriz que encarne a ex-secretária de Estado norte-americana e ex-senadora por Nova Iorque antes de procurar acordos de distribuição com os estúdios de cinema norte-americanos.

Em declarações ao portal
Politico, o argumentista Kim revelou que a história trata da «viagem de uma mulher que estava indecisa entre os seus desejos pessoais e a sua ambição política», sobretudo devido ao facto de Bill Clinton não querer abandonar o Arkansas e de ela não querer deixar Washington.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.