O Festival de Cinema de Veneza deverá realizar a sua 77ª edição de 2 a 12 de setembro, apesar da COVID-19 ter forçado o cancelamento de outros importantes festivais e eventos culturais em todo o mundo.

A confirmação oficial foi feita este domingo (24) por Luca Zaia, o governador da região de Véneto.

Existia incerteza pois alguns dias antes a Bienal de Veneza, que organiza o festival e outros eventos culturais, tinha adiado a sua Bienal de Arquitetura para 2021, quando as datas de ambas deviam coincidir.

No entanto, Zaia salientou que a de decisão sobre a 17ª Bienal de Arquitetura, presidida por Hashim Sarkis, que devia ocorrer de 29 de agosto a 29 de novembro, após um adiamento de três meses devido à pandemia, se deveu às dificuldades para construir os pavilhões necessários.

O Festival de Cinema de Veneza, que geralmente reúne dois mil jornalistas e críticos, mas Zaia avisou que provavelmente terá menos filmes este ano, de modo que as exibições serão agendadas para um público limitado de críticos e com poucos convidados estrangeiros.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.