O
Festival Audiovisual Black & White, único no mundo por admitir apenas trabalhos que utilizem a estética a preto e branco, arranca hoje, 21 de Abril, no Campus da Foz da Universidade Católica do Porto, e decorre até Sábado, 24. O evento – organizado pela
Escola das Artes (EA) e que vai já na sua sétima edição – leva a competição quatro áudios, nove sequências fotográficas e 37 filmes, num total de 50 obras originárias de 17 países.

Segundo declarações da organização à Agência Lusa, «trata-se de uma competição que apresenta um formato inédito, na medida em que reúne as vertentes de vídeo, fotografia e áudio, com a condição de as obras admitidas utilizarem apenas a estética preto e branco»,.

A primeira actividade em cartaz tem início às 14h30. O Festival abre com um «screening» de som e imagem da EA, seguindo-se uma demonstração do Institute of Documentary Film, proveniente da República Checa e uma das entidades que se associou este ano ao
«Black & White».

Às 17h30 está agendada a exibição do filme
«The Forest», realizado pelo polaco Piotr Dumala. Trata-se de uma poética longa-metragem a preto e branco, apresentada pela primeira vez fora daquele país. A primeira
«Noite Black & White», acontece no Bar das Artes a cerimónia de abertura. Agendada para as 21h45, conta com o primeiro módulo de competição de vídeo, bem como com as actuações da Corleone Big Band e do trio de jazz Corleone Band.

Veja aqui o programa completo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.