"Prisioneira" é uma das mais recentes apostas da TVI. A série decorre entre Portugal e o Médio Oriente e "aborda uma diversidade de temas atuais e relevantes da nossa sociedade", explica o canal. Para as gravações, as tradições locais são analisadas ao pormenor.

Para o batizado do filho das personagens Omar e de Teresa, a produção contratou cerca de 100 figurantes e um bebé. Segundo a revista TV Guia, a gravação da cena custou cerca de 15 mil euros.

À publicação, fonte da produção explicou que houve um erro de casting: o bebé deveria ser moreno e ter algum cabelo para que fosse possível cortar alguns centímetros, tal como dita a tradição islâmica.

"Deviam ter feito um casting para um bebé moreno com cabelo e cerca de três meses e os responsáveis escolheram um bebé loiro e careca. Quando chegou a hora de cortar o cabelo ao bebé, não tinha cabelo (…) Tudo o que tínhamos gravado teve de ser deitado fora", revelou uma fonte da produção da série da TVI à revista TV Guia, citada pelo site A Televisão.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.