Will Smith usou o Instagram para finalmente confirmar que ele e  Martin Lawrence vão fazer "Bad Boys 3". E não fez a coisa por menos: um vídeo com o próprio Martin Lawrence.

A legenda refere que foi muito tempo à espera e é mesmo verdade: "Bad Boys for Life" vai acontecer 25 anos após a estreia do primeiro filme e 17 da sequela.

Após três datas de estreia, a última das quais foi 9 de novembro de 2018, e perder o realizador Joe Carnahan, o terceiro filme vai chegar aos cinemas a 17 de janeiro de 2020.

Os realizadores serão Adil El Arbi e Bilall Fallah, dupla de belgas de origem marroquina que chamou a atenção de Hollywood com dois "thrillers" de ação, o premiado "Black - Amor em Tempos de Ódio" (2015, que estreou em Portugal) e "Patser" (2018, ainda inédito por cá). Realizaram ainda os dois primeiros episódios da série "Snowfall".

Não há detalhes sobre a história do terceiro filme, mas ficou uma garantia (e outra referência à antiguidade dos filmes): a personagem de Martin Lawrence não vai usar um "beeper".

Foi em 1995 que o realizador Michael Bay juntou Will Smith e Martin Lawrence como dois polícias de Miami que tinham de encontrar 100 milhões de dólares de heroína roubada de um armazém onde a polícia guardava provas de crimes numa corrida contra o tempo entre tiroteios, assassinatos e perseguições de automóvel.

Feito por apenas 19 milhões, "Os Bad Boys" rendeu mais de 141 nas bilheteiras mundiais e ajudou a estabelecer a carreira dos três em Hollywood. E claro, surgiu uma sequela em 2003, "Bad Boys 2", que rendeu 270 milhões a nível mundial, um valor que foi visto como uma desilusão porque os custos do filme, em que todos já eram grandes estrelas, dispararam para os 90 milhões.

Apesar disso, pelo menos desde 2008 que Hollywood estava a tentar juntar Will Smith e Martin Lawrence outra vez. O primeiro chegou a garantir em 2016 que outro filme estava "muito, muito, muito próximo" de acontecer, mas no ano a seguir, quando o estúdio retirou o filme da agenda, Martin Lawrence disse que estava a perder as ilusões.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.