Há mais um "biopic" musical a caminho do cinema, agora sobre a vida de Céline Dion.

A Variety avançou que a artista canadiana deu a benção e autorizou o uso das suas canções no projeto "The Power of Love", que usa o título da canção de 1993 que foi o seu primeiro número 1 nos EUA.

A atriz principal e realizadora será a francesa Valérie Lemercier e a estreia nos cinemas será em 2020.

Por detrás da produção estará o estúdio francês Gaumont, que explicou que será no mesmo género de "Bohemian "Rhapsody", o grande sucesso sobre Freddie Mercury e os Queen, e o ainda inédito "Rocketman", sobre Elton John.

A diferença é que, ao contrário destes, produzidos e lançados por grandes estúdios de Hollywood, "The Power of Love" poderá ter distribuidores independentes.

O projeto vai mostrar a história desde a infância de Céline Dion no Quebeque na década de 1960 até ao estrelato, passando pelo momento marcante do primeiro "single" aos 12 anos ("Ce n’était qu’un rêve"), escrita pela mãe e o irmão. Foi nessa altura que também conheceu o produtor René Angélil, então com 38 anos, que se tornaria depois o primeiro marido.

Valérie Lemercier

Valérie Lemercier, uma grande estrela em França com sucessos como "Dondoca à Força" e "Marie-Francine", revelou que ficou comovida pelo luto da cantora após a morte de Angélil em 2016 e isso a levou a descobrir mais sobre os dois e a mãe.

"Descobri a força da sua história de amor e o seu grande humor e percebi melhor como a alquimia das suas três ambições individuais fizeram de uma menina indesejada a maior estrela do planeta", esplicou.