O primeiro-ministro britânico Boris Johnson divulgou um vídeo eleitoral a favor do Brexit em que faz uma paródia de a cena do filme "O Amor Acontece", o que provocou uma reação indignada de Hugh Grant, um dos seus atores e fervoroso pró-europeu.

No vídeo, divulgado na conta do Twitter do primeiro-ministro conservador, Johnson retoma a memorável cena em que o ator Andrew Lincoln, com a ajuda de cartazes, apresenta uma mensagem silenciosa à mulher que ama, interpretada por Keira Knightley.

A paródia eleitoral apresenta o chefe de Governo e uma atriz anónima que, na porta de sua casa, lê a mensagem: "Com alguma sorte, no próximo ano teremos feito o Brexit".

"(Se o Parlamento não bloquear novamente)", afirma outro cartaz.

Em seguida, Johnson pede, sempre em silêncio, o voto da eleitora para obter uma ampla maioria parlamentar.

Hugh Grant, que interpretava o primeiro-ministro na comédia romântica de 2003, faz campanha por um segundo referendo sobre a saída da União Europeia e disse à rádio BBC que sente "pânico com o Brexit".

Questionado sobre o vídeo, ele afirmou que tecnicamente está "muito bem feito", mas destacou que na paródia não aparece um dos cartazes do filme original, em que Andrew Lincoln afirma: "Porque no Natal você fala a verdade".

"Pergunto-me se os conselheiros do Partido Conservador pensaram que era um cartaz que não ficaria muito bem nas mãos de Boris Johnson", completou, em referência à reputação de mentiroso que persegue o polémico primeiro-ministro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.