Artigo

Confirmado: Vai mesmo haver uma série de "O Senhor dos Anéis"

É mesmo verdade: após o sucesso no cinema, a saga de J.R.R. Tolkien vai ter nova vida na televisão.

Está confirmado: a Amazon será a casa da série inspirada na saga "O Senhor dos Anéis".

A Amazon Studios anunciou esta segunda-feira o acordo com a Warner Bros. Television, que será para mais do que uma temporada.

O regresso à Terra Média irá explorar novas histórias que aconteceram antes de "O Senhor dos Anéis: A Irmandade do Anel", mas o acordo também envolve um eventual "spin-off".

Há uma semana, a Variety tinha avançado que as negociações estavam numa fase inicial e que o diretor executivo da Amazon, Jeff Bezos, estava pessoalmente envolvido nas reuniões por ser um "grande fã de fantasia e ficção científica".

A parceria também poderá ser o primeiro resultado direto da aposta recente do CEO em produções de grande apelo internacional e não tanto em séries de nicho como "Transparent" ou "Mozart in the Jungle", às quais a Amazon é habitualmente associada.

"O Senhor dos Anéis" foi considerado o livro favorito do milénio pelos clientes da Amazon em 1999 e o romance preferido de todos os tempos na Grã-Bretanha na pesquisa "The Big Read" da BBC em 2003.

"'O Senhor dos Anéis' é um fenómeno cultural que capturou a imaginação de gerações de fãs através da literatura e do ecrã", disse Sharon Tal Yguado, chefe de séries de argumento da Amazon Studios.

Segundo o site Deadline, o acordo previu um pagamento de direitos de aproximadamente de 200 milhões de dólares.

O orçamento de produção provavelmente adicionará outros 100 a 150 milhões por temporada, mas aparentemente dinheiro não será problema para a Amazon, já que o presidente Jeff Bezos desafiou as suas equipes criativas a criar uma prestigiada série de fantasia para rivalizar com "A Guerra dos Tronos".

A produção será feita em cooperação com o fundo que gere o património de J.R.R. Tolkien, a editora HarperCollins e a New Line Cinema, que esteve envolvida nas duas trilogias de Peter Jackson no cinema. A primeira, com um elenco de peso que incluiu Elijah Wood, Viggo Mortensen, Ian McKellen, Liv Tyler e Orlando Bloom, faturou quase 3 mil milhões em todo o mundo, conquistando 17 Óscares no total.

A segunda, baseada no livro "The Hobbit", teve praticamente as mesmas receitas.

A Amazon disse que a série será disponibilizada pelo aplicativo Prime Video ou on-line em mais de 200 países e territórios, mas não anunciou uma data de lançamento.

"Estamos muito satisfeitos pelo facto de que a Amazon, com o seu compromisso de longa data com a literatura, ser a primeira série de televisão multitemporada para 'O Senhor dos Anéis'", disse Matt Galsor, representante da gestão de património do escritor e da HarperCollins.

"Sharon e a equipa da Amazon Studios têm ideias excepcionais para trazer para ao ecrã histórias previamente inexploradas com base nos escritos originais de J.R. Tolkien", concluiu.

Comentários