Artigo

Rapper dos Grandmaster Flash foi detido e acusado de homicídio

O rapper Kidd Creole, fundador do famoso grupo de rap nova-iorquino Grandmaster Flash and the Furious Five, foi preso esta quarta-feira e acusado de homicídio, disse a polícia de Nova Iorque.

O rapper Kidd Creole, fundador do famoso grupo de rap nova-iorquino Grandmaster Flash and the Furious Five, foi preso esta quarta-feira e acusado de homicídio, disse a polícia de Nova Iorque.

créditos: 2007 Getty Images

Na noite de terça-feira a polícia respondeu uma chamada e encontrou um homem de 55 anos apunhalado no peito em Manhattan.

O homem foi levado ao Hospital Bellevue, onde foi declarado morto.

Segundo The New York Times, a vítima morava numa casa para sem-abrigo a poucas ruas de onde foi esfaqueado.

A polícia prendeu na quarta-feira Nathaniel Glover, também conhecido como Kidd Creole. O ex-rapper de 57 anos, que mora no Bronx, foi acusado de assassinato e pode ser condenado à prisão perpétua.

Kidd Creole foi um dos cinco rappers que acompanhou o DJ Grandmaster Flash, grupo pioneiro do rap.

O grupo formou-se no Bronx durante os anos 1970, quando o hip hop ainda era um movimento incipiente.

A sua canção mais conhecida, "The Message", lançada em 1982, ocupou a 51ª posição da revista Rolling Stone no ranking das 500 melhores músicas da História.

Este foi o primeiro sucesso do rap que retratou sem concessões as duras condições de vida nos guetos de Nova Iorque no início da década de 1980, época em que o hip hop era apenas um ritmo de festas noturnas.

Pela sua contribuição na história da música, os membros dos Grandmaster Flash and the Furious Five entraram em 2007 para o famoso Hall of Fame do Rock, tornando-se o primeiro grupo de rap a receber este reconhecimento.

Comentários