Artigo

Rapaz 100 Juiz atuam na ilha do Sal

Evento acontece na 6ª-feira, dia 7.

Rapaz 100 Juiz no AME

O grupo musical Rapaz 100 Juiz, que conta com 10 anos de carreira e que tem tido presença assíduo em vários festivais nacionais, atua esta sexta-feira,07, numa das discotecas da ilha do Sal.

De acordo com a página oficial do grupo, o concerto pago e ao vivo , que inclui no reportório, novas músicas, vai contar com animação musical dos dj´s Benas e Batista.

O momento, que ainda vai servir para que o grupo relembre as músicas de sucessos, será marcado com vendas de t-shirts a “preço especiais”.

O grupo de hip hop, que comemorou 10 anos de carreira em agosto de 2016, com relançamento do sucesso da música “Entri mi ku bo”, desta vez com a participação do músico, compositor e intérprete Grace Évora, é formado por Péricles da Costa (PnC) e Carlos Monteiro (Cmc).

A dupla Rapaz 100 Juiz editou o seu primeiro álbum intitulado “Claridade”, em 2010, após a gravação, de 2006 a 2009, de cinco “mixtapes” e do videoclip “Kulpa ka di bo”. Após atuações em países como Portugal, Luxemburgo, Suíça e Estados Unidos da América, a banda, criada com o intuito de abordar e descrever os problemas sociais e da juventude de Cabo Verde, através da música, procurando sempre a crítica construtiva, arrebatou, em 2011, o prémio melhor hip-hop/rnb do Cabo Verde Music Award (CVMA).

Em 2014, o grupo editou o seu segundo álbum intitulado “Voz di Vozis”, que contou com as participações de artistas como Grace Évora, Djodje, Dino d’Santiago e Don Kikas, entre outros.

Em 2015, com o segundo álbum obteve três nomeações nos CVMA, “Melhor hip-hop “, “Melhor em palco”, e “Álbum do ano”, tendo arrecadado o prémio nesta ultima categoria, no ano em que foi ainda escolhido por um júri internacional para participar na terceira edição do Atlantic Music Expo (AME).

Comentários