Artigo

Nelson Freitas e Djodje lideram premiações na VII edição dos CVMA

A VII edição dos Cabo Verde Music Award by Unitel T+ aconteceu este sábado, 6, na FIC na cidade da Praia. A gala de glamour e premiação do que melhor se fez na música no último ano teve casa cheia e um leque de muitos momentos especiais. Nelson Freitas e Djodje lideraram as premiações com quatro e três prémios, respetivamente.

créditos: SAPO

A noite começou por volta das 20h30 com o habitual desfile de beleza e glamour na passadeira vermelha. Sandra Lima e Dj Pensador foram os apresentadores responsáveis por transmitir as emoções da entrada na gala, em direto.

Pela passadeira vermelha, repleta de imprensa nacional e internacional, passaram rostos bem conhecidos do público e habitués dos CVMA. Sendo África o tema da gala deste ano muitos foram aqueles que se vestiram a preceito lembrando o continente.

A gala propriamente dita arrancou pouco depois das 22h com momentos de dança e música liderados pelo dançarino Djam que levou para palco Diego Gomes, Zubikilla Spencer, Ellah Barbosa, entre outros.

Cláudia Semedo, apresentadora e atriz portuguesa, e Eder Xavier foram os anfitriões da noite juntamente com Dj Pensador. Os dois primeiros deram as boas-vindas à VII gala e logo de seguida passaram para a entrega das menções honrosas, novidade deste ano.

Zé Rui, artista solidário, Jorge Humberto, na categoria Compositor, o radialista Santos Nascimento na categoria Animador de Comunicação Social e Dj Ileno, Dj, foram os galardoados.

Seguiu-se mais um momento de música nas vozes de Cremilda Medina, Teté Alhinho e Rui di Bitina que interpretaram o mítico tema "Forsa di Cretcheu", “Menção honrosa 'Músicas da nossa vida' desta edição.

“Melhor música tradicional” abriu o role de entrega de prémios. Ceuzany levou a melhor com o tema “Cabo Verde La Fora”. A cantora dedicou a distinção ao autor da música, Kiddye Bonz.

O segundo troféu da noite foi para o “melhor produtor musical” cujo vencedor foi Loony Johnson. O artista, que reside em Portugal, enalteceu a mulher e os filhos e acima de tudo todos os artistas com o qual tem trabalhado enquanto produtor.

O videoclip do tema “Break of Dawn” de Nelson Freitas foi para os jurados o melhor dentro da categoria. Este foi apenas o primeiro dos quatro prémios que o artista viria a arrecadar na gala. Nelson Freitas, que neste fim de semana já tinha agendado shows em Angola, não pôde estar presente e os seus troféus foram recebidos por Nick Pinheiro.

Tony di Frank destacou-se na categoria “Melhor Funaná” na qual estava nomeado com “Enginheiro de conberso”.

A fechar a primeira parte, Chando Graciosa, um dos convidados musicais da noite pôs a plateia e os apresentadores a dançar ao ritmo do funaná.

Thierry Cham, abriu a segunda parte da gala com a interpretação de dois temas sendo um deles o sobejamente conhecido do público cabo-verdiano,“Océan”.

A estatueta de “Melhor colaboração” foi para o dueto de Nelson Freitas e Mayra Andrade no tema “Nha Baby” do último trabalho “Four”. Mais uma vez foi Nick Pinheiro a subir ao palco e aproveitou o momento para destacar a produção de Loony Johnson e a participação de Sara Tavares no tema, que muitos desconhecem.

Nish Wadada levou o reggae à VII edição dos CVMA tendo ganho na categoria de “Ritmo Internacional” na qual estava nomeada ao lado de Kady e Josslyn. “Muito orgulho em receber este reconhecimento na minha terra. Quero levar o meu país cada vez mais longe. E viva São Nicolau”, disse em palco.

Nancy Vieira, outra das artistas convidadas, levou serenidade e doçura na voz ao palco dos CVMA e interpretou um tema dedicado a África.

“Da kel bu toki” de Loony Johnson foi eleito o “melhor AfroBeat/Afro house”. O cantor interpretou o tema na gala acompanhado de bailarinos que contagiaram o público.

A entrega do SAPO Award já faz parte da gala dos CVMA. Nesta edição, num momento de descontração onde a mascote até dançou funaná, o prémio do “artista mais popular na Internet” foi para as mãos da jovem artista Cremilda Medina. A jovem dedicou o prémio a todos os amigos a quem pediu para votar e que prontamente moveram outras pessoas.

Djodje foi considerado pelo júri o “Melhor em Palco”, em detrimento de Elida Almeida e Nelson Freitas, decisão muito aplaudida pelo público presente. O artista agradeceu a Deus, ao universo, à família, à namorada Kady e principalmente ao público que “arrebentam com tudo nos shows”.

Veja as fotos: Passadeira Vermelha

Ver artigo completo

Comentários