Artigo

Nato Simas regressa em abril com novo trabalho discográfico

O CD intitulado “Reencontro – Doce Momento de Amor” terá entre 12 a 13 faixas.

Foto@Inforpress

O artista cabo-verdiano Nato Simas, que está a finalizar o seu próximo álbum a solo, depois de ter lançado o primeiro há 20 anos, regressa em abril com o segundo trabalho discográfico intitulado “Reencontro – Doce Momento de Amor”.

Em declarações à Inforpress, o artista, que há 20 anos lançou o seu primeiro trabalho discográfico “Voz de coração”, avançou que o álbum já está na sua fase final e terá entre 12 a 13 faixas, sendo seis do seu irmão Antero Simas, que também é o produtor deste projeto.

Para além do irmão Antero Simas, fazem parte do álbum ainda composições inéditas, dos compositores Mário Lúcio, Romeu di Lurdes e Kaka Barbosa.

A gravação do CD aconteceu em Cabo Verde, ilha do Sal, e nos Estados Unidos, país para onde Nato Simas volta em Março para finalizar a gravação.

Segundo o artista, o álbum conta com a produção também de Kim Alves e traz estilos musicais como morna, funaná, coladeira, cabo Swing, e ainda vai cantar duas músicas em dueto com Mirri Lobo e Zeca di Nha Reinalda.

Concernente ao CD do single lançado em dezembro, com duas faixas com composições de Antero Simas, do qual foram tiradas 1000 cópias, adiantou que está “muito satisfeito” com a aceitação por parte do público, tendo em conta que o mesmo já está praticamente “esgotado”.

Assegurou ainda que no que tange à agenda, vai continuar a animar todas as semanas as noites no Quintal da Música e ainda prevê espectáculos tanto em outros espaços na cidade da Praia e na ilha de Sal.

Nataniel Simas “Nato Simas”, nasceu em Santa Cruz e desde muito cedo está na música, mas o seu apogeu aconteceu quando venceu o “Todo Mundo Canta” de 1984 na cidade da Praia, que lhe valeu uma viagem para Portugal onde trabalhou com Bana, Dani Silva e Manel de Candinho.

O artista também viveu na Holanda onde gravou o álbum “Voz de coração”, produzido por Manel de Candinho, mas que é pouco conhecido em Cabo Verde, segundo disse.

Nato Simas regressou para Cabo Verde em 2010, onde tem atuado no Quintal da Música, espaço onde trabalha.

Comentários