Artigo

Marcelo Rebelo de Sousa vai condecorar Tito Paris

De seguida, o PR português deverá vir a Cabo Verde.

Tito Paris tocou no B.leza, um concerto inserido no evento "Cabo Verde Aki"

créditos: SAPO

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai condecorar no sábado o músico, cantor e compositor cabo-verdiano Tito Paris, em Lisboa, imediatamente antes de viajar para Cabo Verde, para uma visita de Estado de três dias.

Tito Paris, que tem 53 anos e vive em Lisboa, vai ser condecorado numa cerimónia que está marcada para as 14:45, (12:45 em Cabo Verde) no Palácio de Belém, em Lisboa, disse à Lusa fonte da Presidência da República.
Em seguida, Marcelo Rebelo de Sousa viajará para a cidade da Praia, capital de Cabo Verde, onde deverá chegar cerca das 19:30 locais (21:30 em Lisboa).

Natural do Mindelo, na ilha de São Vicente, onde nasceu a 30 de Maio de 1963, Tito Paris é o penúltimo de nove irmãos, na sua grande maioria músicos.

Começou a tocar nos bares e restaurantes do Mindelo, onde reside a elite intelectual do arquipélago de Cabo Verde, e formou várias bandas, aprendendo com outros músicos locais, incluindo o seu primo, Bau.

Chegou ao mundo dos discos através da música “Regresso”, que escreveu e da qual fez os arranjos para um álbum de Cesária Évora, a mais conhecida artista cabo-verdiana.

Encorajado por Bana, outro dos vultos da música de Cabo Verde, Tito Paris partiu para Lisboa com 19 anos, no início dos anos 80, para integrar, na altura, o também conhecido conjunto Voz de Cabo Verde. Tocou no agrupamento durante quatro anos, após os quais começou a seguir uma carreira em nome próprio.

Comentários