Artigo

Hélio Batalha comemora um ano do álbum “Karta d'Alforia” e lança novo single “Ka ta da”

Nesse espetáculo, que ocorre no dia 17 no Palácio da Cultura Ildo Lobo, Hélio Batalha espera contar com a participação de todos que acreditam no seu trabalho.

O rapper cabo-verdiano Hélio Batalha promove um espetáculo no dia 17, no Palácio da Cultura Ildo Lobo, para comemorar um ano do lançamento do álbum "Karta d'Alforia” e para lançar o seu novo single “Ka ta da”.

O álbum que lhe rendeu muitas participações em festivais em todas as ilhas, em shows internacionais como Macau, Portugal e Alemanha, considerado pela crítica como um dos “melhores do ano”, vai estar novamente na boca e nos ouvidos dos jovens e não só, neste espetáculo ao vivo.

“Karta d'Alforia” divide o palco neste dia com o novo single “Ka ta da”, que segundo o autor é um “storytelling” que retrata a emigração e o racismo para com a população africana radicada em Cabo Verde.

“É uma música que retrata a realidade dos nossos irmãos do continente africano, das dificuldades que passam em Cabo Verde e do preconceito como são tratados. Tem uma mensagem forte e chama à população para refletirem sobre essa problemática e trazer solução, por isso falo da união, da paz, do companheirismo e da troca de experiência”, enfatizou.

Nesse espetáculo, que ocorre no dia 17 no Palácio da Cultura Ildo Lobo, Hélio Batalha espera contar com a participação de todos que acreditam no seu trabalho e promete oferecer um show com DJ e sem banda, para que as pessoas possam sentir o ritmo do rapper e cantar o máximo de música de “Karta d'Alforia”.

O rapper e MC convidou Fattu Djakitté, Ga da Lomba e WST para partilharem com ele este momento que promete ser repleto de “inesquecíveis emoções”.

Na reta final do ano, o artista promete lançar mais single, porque neste momento está a afinar as ideias para que no próximo ano tenha no mercado um novo álbum, que ao seu ver deverá superar “Karta d'Alforia”.

Depois da Cidade da Praia, Hélio Batalha segue para Europa, com shows previstos em dezembro e janeiro, em Paris, Lisboa e Porto (Portugal), Suíça e Luxemburgo.

Hélio batalha começou a sua carreira musical em 2007, num concurso radiofónico promovido pelo Ministério da Saúde em colaboração com a rádio Praia FM, obtendo a primeira classificação.

Mais à frente, lança três mix tapes (Golpe de Stado I – 2010, Golpe Stado II -2012, Selvas de pedras -2014) que lhe foram tornando um dos nomes mais apreciados do Rap Criolo.

Em 2013, faz a sua primeira participação num projeto internacional “Dreamers”- um intercâmbio que o levou a Itália.

Desde então, continuou lançando vários trabalhos e participando em vários eventos da cidade. Entretanto, tudo mudaria em 2016, quando vence na categoria de artista revelação nos Cabo verde Music Awards, devido ao mega fenómeno da sua música e videoclip “ Oh ki fome txiga”.

Nesse mesmo ano, foi um dos artistas selecionados para o ATLANTIC MUSIC EXPO, tendo sido elogiado como um dos melhores showcases, valendo-lhe um destaque no caderno cultural do NEW YORK TIMES.

Seguiram-se várias digressões para dentro e fora do país, tendo atuado na Suíça e em Portugal. Em finais de 2016 lança o seu primeiro álbum – Karta d'Alforia, .

Em 2017, completou 10 anos de carreira e é presença assídua em todos os festivais de música e principais eventos culturais do seu país, com perspetiva de várias digressões.

Conhecido como “a voz dos guetos”, Batalha é já um dos pilares do Hip Hop Cabo-verdiano e Lusófono, contando com participações em músicas de vários outros artistas reconhecidos, Dino de Santiago, Negro Bey, Kady Soulsista, Mayra Andrade, entre outros.

Comentários