Artigo

Grupo "Fidjus di Belo Freire" lança primeiro CD/DVD recheado de “Cotxi Pó”

O álbum "Nu ta pui lumi" é composto por 12 faixas.

créditos: Inforpress

O grupo Fidjus di Belo Freire lançou seu primeiro trabalho discográfico (CD/DVD) intitulado “Nu ta pui lumi” recheado do novo estilo de funaná denominado “Cotxi Pó” .

À Inforpress, um dos integrantes do grupo, Nildo Freire, explicou que tendo em conta que um CD deste género recente da música cabo-verdiana está em falta no mercado, decidiram apostar num álbum para que possam “ir mais longe”.

“Nu ta pui Lumi” só com “Cotxi Pó” é composto por 12 faixas (CD) e cinco videoclip (“É pamodi bó”, “Nu ta poi lumi”, Djam bai”, “Bó é mudjer”, “Mo nu ta Fazi) todas da autoria do grupo, foi gravado no Home Studio Nildo Freire, em França.

Já as faixas “Mo nu ta fazi” e “Roda bedju” contaram com produção de Kidy Preta e mixagem e masterização de Dabs Lopes.

Em termos de espetáculos, a agenda dos Fidjus de Belo está “completamente cheia” até fevereiro de 2018.

A nível nacional, em Assomada, o grupo deverá atuar no dia 04 de novembro e no final do mesmo mês regressam para fazer um lançamento “em grande” em São Salvador do Mundo, Picos, e depois na Europa.

O grupo, que iniciou no Funaná herdada do pai Belo Freire, apostou no “Cotxi Pó”, tendo já participado em vários festivais nacionais e na Europa (festivais e discotecas).

O grupo é formado por Nildo Freire, residente em França, e Milito e Nito Freire, em Portugal.

Comentários